Hinos novos. é verdade ou fake?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Hinos novos. é verdade ou fake?

Mensagem  Jovem Musico em Qui Jul 28, 2011 1:46 pm

Em diversos sites são postado informações sobre supostos hinos novos da próxima versão de hinário. Já ouvi falar que serão feitas observações ao hinário com relação a letra e o ritmo de alguns hinos, mas é fato que serão acrescentados hinos novos e inclusive hinos em tonalidades que usam escalas menores ?

Jovem Musico

Mensagens : 90
Data de inscrição : 26/07/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Hinos novos. é verdade ou fake?

Mensagem  Sergio Teixeira em Sex Jul 29, 2011 7:52 pm

Em diversos sites são postado informações sobre supostos hinos novos da próxima versão de hinário. Já ouvi falar que serão feitas observações ao hinário com relação a letra e o ritmo de alguns hinos, mas é fato que serão acrescentados hinos novos e inclusive hinos em tonalidades que usam escalas menores ?
Ouço rumores desse hinário n. 5 já há bastante tempo e até agora não consegui nenhuma informação concreta. Todas são desencontradas.
No YouTube tem um monte de hinos avulsos anunciados como sendo "pertencentes ao novo hinário".
Alguns são bonitos e bastante espirituais, outros são apenas "cânticos gospel" de qualidade duvidosa.

Quanto a essa idéia de colocar anotações sobre o ritmo, eu considero isso importante, pois certos hinos são notadamente marciais (hinos militares) e às vezes são executados sem vigor ou com um andamento "arrastado", enquanto hinos de Santa Ceia são cantados demasiadamente alto ou mais acelerado do que o normal, coisas assim. Mas esse tipo de ocorrência geralmente é explicado nos ensaios musicais. Portanto é importante, mas não necessário.

Quanto aos hinos em tons menores, acho que é totalmente desnecessário fazer tal anotação, visto que o músico saberá disso logo ao deparar-se com a armadura de clave.
Como todos tocam com base na partitura (e não "de ouvido") isso não fará diferença nenhuma.

Existem hinos que tem uma parte em tom maior e outra parte em tom menor, e até em compassos diferentes, e isso não se constitui em dificuldade alguma para os músicos.

Da mesma forma os compassos compostos (6/4, 9/4, 9/8, 12/8, etc.) , que deveriam ser "o terror" dos músicos mas que nossos irmãozinhos músicos - inexplicavemente - sempre "tiram de letra".

Também tenho notado que nossos irmãozinhos de menor poder aquisitivo e que geralmente não têm seu próprio instrumento, tocam fazendo transposição com a maior naturalidade (coisa que um músico profissional geralmente não consegue fazer).
Principalmente instrumentos encontráveis em versões em DÓ e SI bemol ou MI bemol e FÁ.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum