irmãos para DEUS nos ouvir temos que fazer penitencia?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

irmãos para DEUS nos ouvir temos que fazer penitencia?

Mensagem  BRASIL2011 em Ter Jan 31, 2012 7:56 am

irmãos fui fazer uma visita a um irmão, os seus familiares me falaram que ele não andava bem, estava dormindo no chão gelado, e segundo seus familiares ele queria procurar um médico ,para tomar uma medicação ou fazer uma cirugia para não pensar em mulheres, ele procurou o ministério para contar seu caso mas não teve uma resposta satisfatória e continuou com o seu poblema. segundo ele me contou ele queria se santificar, ai conversei com ele na maneira que DEUS me deu ele se acalmou mais e está servindo a DEUS com o seu estrumento e dizendo que DEUS é bom.
ficai todos na paz de DEUS
avatar
BRASIL2011

Mensagens : 63
Data de inscrição : 13/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: irmãos para DEUS nos ouvir temos que fazer penitencia?

Mensagem  Luiz Flavio N. Facci em Ter Jan 31, 2012 1:11 pm

A Paz de DEUS.

Em se tratando de um caso real, fica difícil para mim falar qualquer coisa.
Eu só falaria alguma coisa se o conhecesse pessoalmente.

Mas, se fosse uma pergunta sobre um caso hipotético, eu falaria:

Se o Irmão precisa dormir no chão gelado ou procurar medicamento ou procurar cirurgia, é sinal que ele precisa de mulher.

Dormir no chão gelado - bacana. Medida provisória, que a qualquer momento poderá deixar de ser usada e voltar tudo à normalidade.

Medicamento ou cirurgia - mexer no próprio corpo dado por DEUS? Acho errado. Amanhã se mudar de "ideia" e quiser casar, não haverá volta, ou a volta será difícil.

Fora o fato de haver a possibilidade de, mesmo mexendo no corpo, não mexer na mente. Então, passará a ser um homem impotente (quer mas não pode), o que pode causar a si próprio um grande sofrimento.
E poderá vir a ser tentado a casar, e casará enganando a Irmã.
E onde está o servir a DEUS?

Então acho (achismo meu, mais uma vez) que se DEUS o quer sem mulher, DEUS tirará da mente dele o querer mulher, e depois a capacidade de relacionamento conjugal, e não o caminho inverso.

Então, o melhor a fazer é servir a DEUS de modo normal, com uma esposa e filhos.

Cuidar de uma família também é servir a DEUS.
Não precisa ser celibatário para servir a DEUS

DEUS nos abençoe.
Luiz Flavio.

Luiz Flavio N. Facci

Mensagens : 551
Data de inscrição : 12/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: irmãos para DEUS nos ouvir temos que fazer penitencia?

Mensagem  Sergio Teixeira em Ter Jan 31, 2012 7:01 pm

A pergunta é: "irmãos para DEUS nos ouvir temos que fazer penitencia?"
Em resposta a ESSA pergunta conforme foi feita literalmente, mas sem examinar o conteúdo do texto (que para mim não está bem encaixado, e que seria quase que outro assunto) dou o meu palpite:

Se é Deus que através de Seu Santo Espírito coloca o sentimento de penitência em nosso coração (jejuns, abstinências e outros tipos de privações), claro que devemos obedecer.
Mas se é um outro irmão ou outra irmão que resolve dar palpite em nossa vida e nos ordenar fazer isso ou aquilo, esse é o verdadeiro caso em que teremos de buscar a Palavra.
O que tem de "espiritussanto de corredor" (e de banheiro) é coisa já espantosa...
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: irmãos para DEUS nos ouvir temos que fazer penitencia?

Mensagem  Luiz Flavio N. Facci em Qua Fev 01, 2012 3:51 am

A Paz de DEUS.
Eu entendi que no caso a penitência era ficar sem esposa (abstinência ou jejum, em certo sentido).
DEUS nos abençoe.
Luiz Flavio.

Luiz Flavio N. Facci

Mensagens : 551
Data de inscrição : 12/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: irmãos para DEUS nos ouvir temos que fazer penitencia?

Mensagem  Sergio Teixeira em Qua Fev 01, 2012 9:06 am

Mas, se para "se santificar" for necessário "afastar-se" da esposa (ou do marido), então existe nisso algum entendimento muito errado, pois basicamente o matrimônio - com todas as suas nuances e prerrogativas - é coisa santificada perante o Senhor.

Isso me parece alguma forma de "arrependimento", de "enfado", ou seja, de que a vida conjugal precisa de alguma solução urgente, talvez da ciência médica, mas sempre sob a guia de Deus.

Há também um outro aspecto: Já que ainda existe o "fogo serpentino" (a libido, o desejo carnal), o desejo de "afastar-se" da esposa pode corresponder em igual proporção ao desejo de "achegar-se" a outras mulheres.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: irmãos para DEUS nos ouvir temos que fazer penitencia?

Mensagem  "Ekklésia Christiana" em Qua Fev 01, 2012 10:23 am


Saudações cristãs,

Irmão Sérgio, prezado...





Refere-se a "kundalini" ("कुंडलिनी")?




Atenciosamente,

"Em Caridade"

Irmão Ednelson

"Ekklésia Christiana"

Mensagens : 497
Data de inscrição : 18/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: irmãos para DEUS nos ouvir temos que fazer penitencia?

Mensagem  Sergio Teixeira em Qua Fev 01, 2012 10:53 am

Exatamente, irmão Ednelson.
Apenas que a "kundalini" é a energia sutil que controla a libido, não é a libido em si mesma.
Ela está diretamente associada a outras duas energias vitais chamadas respectivamente de "prana" e "fohat", que nós respiramos junto com o ar.
Mas é chamada de "fogo serpentino" em alusão àquelas duas serpentes entrelaçadas em uma espiral frouxa - assemelhando-se ao desenho do DNA - e que figuram nos símbolos da medicina e das demais ciências relacionadas com a saúde.
( Ilustração apenas para os irmãos que não entendem do assunto, apenas para que não "passem em branco" ).
Existem outras energias verdadeiras e mensuráveis que nos cercam e que nos beneficiam, porém para nós cristãos esse assunto é absolutamente transparente, pois depositamos apenas nas mãos de Deus todo o cuidado para conosco.
Existem até aparelhos eletrônicos como o Tobiscópio, capaz de detectar os "meridianos chineses" (receptores da energia ki) com uma precisão de 1/10 de milímetro.
Porém temos notado que o estudo desses fenômenos pode passar seriamente dos limites e nos colocar de volta em "prisões" de onde o Senhor Jesus já nos libertou.
Existem pessoas que levam esse assunto tão a sério, que se preocupam até mesmo com qual narina deverão respirar no momento em que acordarem em seu dia a dia...
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Veja este artigo, se bem que um pouco antigo...

Mensagem  izaias em Qua Fev 01, 2012 2:21 pm

Fanatismo de irmão da CCB.

Repórter Chico Siqueira Direto de Araçatuba.
Terça, 28 de agosto de 2007, 13h06.
Homem corta pênis por causa de religião em SP.

Um homem de 32 anos de idade, separado da mulher há poucos dias, cortou o próprio pênis por pensar que sua religião não aceitava o fim do seu casamento e o proibia de se relacionar com outras mulheres que não fossem sua esposa.
O caso aconteceu na noite dessa segunda-feira, em Tanabi, interior de São Paulo, a 478 km da capital.
Frequentador da igreja Congregação Cristã do Brasil, J. R. C. há mais de um ano não convivia com a mulher, de quem não se divorciara porque a separação de casais somente é permitida pela igreja em caso de adultério. O casal havia se separado por incompatibilidade de gênios.
O homem entrou no banheiro de sua casa, no conjunto Centenário, periferia de Tanabi, e deu início a automutilação usando uma tesoura caseira. A polícia foi chamada e, ao chegarem ao local, os bombeiros e Policiais Militares o encontraram sentado no vaso sangrando muito.
- "Quando chegamos, ele jogou a tesoura fora, mas a quantidade de sangue nos assustou", disse um PM que atendeu a ocorrência.
O mesmo policial militar, que não quis ser identificado, disse que o homem tinha se separado havia pouco tempo da mulher, com quem era casado havia alguns anos.
- "Ele ficou revoltado ao saber que não poderia manter relações sexuais com outra mulher e também não queria largar a igreja", contou o PM.
O homem foi levado ao pronto-socorro da Santa Casa de Tanabi para atendimento de emergência.
Conforme pedido da família nem a polícia nem o hospital quiseram passar mais informações sobre o caso. Uma atendente do hospital disse que o pênis não chegou a ser decepado, no entanto, a informação não podia ser confirmada oficialmente.
O ancião (guia espiritual) da igreja em Tanabi, Saulo Cândido da Silva, disse que em 37 anos de congregação nunca viu algo semelhante.
- "Nunca vi isso na vida. A doutrina de nossa religião, que é evangélica e igual à de outras, não proíbe, mas apenas recomenda que não se faça sexo fora do casamento. Ela também só aceita a separação se for por motivo de infidelidade, mas as pessoas são livres, ninguém é perfeito", diz.
Ele disse ter conversado com o homem domingo e que recomendou uma aproximação do casal.
- "Como eles não queriam se divorciar porque não havia adultério, a gente tentou uma reaproximação, mas pelo jeito ela não aceitou", contou Cândido. Ele disse que ainda vai promover um novo encontro do casal para tentar uma reconciliação.
avatar
izaias

Mensagens : 165
Data de inscrição : 12/05/2011
Idade : 65
Localização : Capital - São Paulo - SP

Ver perfil do usuário http://izanor@ig.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: irmãos para DEUS nos ouvir temos que fazer penitencia?

Mensagem  Sergio Teixeira em Qua Fev 01, 2012 4:42 pm

"Nunca vi isso na vida. A doutrina de nossa religião, que é evangélica e igual à de outras, não proíbe, mas apenas recomenda que não se faça sexo fora do casamento. Ela também só aceita a separação se for por motivo de infidelidade, mas as pessoas são livres, ninguém é perfeito"
Essas foram as palavras do irmão ancião, que deve ter tido um choque - assim como todos nós - ao receber tal notícia.
Talvez nossas palavras não fossem exatamente as mesmas, porém o sentido de nossa resposta seria rigorosamente o mesmo.

Aqui para nós, esse irmão que tentou a automutilação deve ter tendências suicidas ou problemas mentais associados, que requerem acompanhamento especializado.
Suicidas em potencial arranjam qualquer pretexto para atentar contra a vida ou sua integridade física. Na verdade o que eles realmente desejam é fazer algo marcante diante da sociedade, chamando assim à atenção para o seu próprio sofrimento.
Tive um primo que suicidou-se alegando "saudades de sua terra natal"; Ele queria viajar naquela semana, mas seu pai lhe disse que somente na outra. Isso foi suficiente para ele, de manhã bem cedo, ir para o meio da sala - exatamente no meio do caminho por onde as pessoas deveriam passar - e cortar o próprio pescoço com uma faca de pão, daquelas bem afiadas, e cuja lâmina tem ondulações bem grandes.

Depois do caso passado, não adianta dar palpite.
Mas se daqui por diante alguém porventura tiver semelhante idéia no sentido de se automutilar ou atentar contra a própria vida, deverá primeiramente aconselhar-se com seus irmãos de maior confiança em caráter sigiloso, e se possível fazer repetidas orações em conjunto com esses irmãos.
Tais pessoas carecem de atenção, e carecem mesmo.
Tive um colega de infância e adolescência que tentou o suicídio por duas vezes por que se apaixonou pela minha então namorada. Numa das vezes ele tentou pular da janela de um prédio altíssimo onde foi "incrivelmente" salvo por uma outro colega nosso que "casualmente" o viu, e na outra ele pegou o revolver do pai e deu um tiro no próprio ouvido. Porém conseguiu errar (!!!) e não ficou nem surdo. O projétil deu a volta por dentro do crânio e alojou-se na parte interna do occipital. Posteriormente a isso, ele arranjou a sua própria namorada, casou-se, teve alguns filhos, muitos netos e um montão de bisnetos, e agora não tem mais tempo para pensar em dar cabo da própria vida;

E finalmente: Há varões e varoas - em uma porção de denominações religiosas - que resolvem supostamente "santificar-se" porém negando-se corporalmente a suas próprias mulheres ou maridos.
Isso não é santificação. Isso se chama enfado.
Sua libido porém funciona a 100% com relação a outras pessoas que não seja o próprio cônjuge.
Temos de ter cuidado com tal sintoma, pois isso certamente é proveniente de alguma influência que não vem de Deus.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: irmãos para DEUS nos ouvir temos que fazer penitencia?

Mensagem  "Ekklésia Christiana" em Qui Fev 02, 2012 9:39 am


Saudações cristãs,

Amados...





Penitência... Obras...



Pois é... a expressão penitência, direta ou indiretamente, remete-nos às OBRAS, bem como, aos supostos méritos devidos as mesmas.

Temos para conosco que OBRAS e FÉ constituem as duas e complementares colunas do denominado "projeto salvífico neotestamentário", não havendo, deste modo, qualquer antagonismo ou comprometedor contra-senso entre ambas*.

Se Lutero alcunhava a epístola atribuida a Tiago como uma "epístola de palha"** (em razão de sua ênfase às OBRAS - Tiago 2, 14-26), nela visualizamos o magistral arremate de todo o postulado paulino acerca da FÉ.

A FÉ por nós propagada consiste, pois, numa fé efetivamente prática. A Fé não se restringe a uma conceituação meramente abstrata e oralmente posta... antes, adquire feições e formas por meio da ação concreta.



Auto-redenção... Excessos...



Opomo-nos, todavia, a medidas ou gestos excessivos em sua pretensão co-redentora.

Trazer sobre a própria carne os estigmas de nosso Senhor, mutilar-se e abster-se em demasia***... isso tudo nos sugere uma exteriorização torpe (I Timóteo 4:8 e afins).

Quanto aos eventuais jejuns, nenhuma objeção se lhes deve emitir, uma vez que tal prática remonta aos Dias Apostólicos, aplicando-se, inclusive, em caráter coletivo (Atos, 14:23 - pleito presbiteral). Sua observância, contudo, deve adequar-se à discrição e sigilo (Convenção Geral de 1936 - "Jejum" / vide Mateus 6, 16-18).

Atenhamo-nos, portanto, ao exercício da FÉ (conceito abstrato) como AÇÃO MANIFESTA (obras concretas), tendo-se, todavia, o Sacrificío Vicário de nosso Senhor como o holocausto régio.



"Misericórdia quero, não sacrifícios..."

(Oséias 6:6)




_______________________________________
* referindo-se a CONGREGAÇÃO CRISTÃ e sua posição regularmente aceita.
** aludindo-se a sua alegada insuficiência e/ou vulnerabilidade ao primado da Fé.
*** tal qual sucede a adeptos católicos romanos filipinos e similares.






Atenciosamente,

"Em Caridade"

Irmão Ednelson

"Ekklésia Christiana"

Mensagens : 497
Data de inscrição : 18/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: irmãos para DEUS nos ouvir temos que fazer penitencia?

Mensagem  Sergio Teixeira em Sab Mar 24, 2012 7:53 pm

A resposta mais curta para essa pergunta é obviamente NÃO.

O que disse o Deus-Pai?
"Misericórdia quero, e não sacrifícios".
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: irmãos para DEUS nos ouvir temos que fazer penitencia?

Mensagem  Luiz Flavio N. Facci em Dom Mar 25, 2012 7:29 am

A Paz de DEUS seja em nossos corações e de nossas famílias.

O post que iniciou este tópico diz:

BRASIL2011 escreveu:irmãos fui fazer uma visita a um irmão, os seus familiares me falaram que ele não andava bem, estava dormindo no chão gelado, e segundo seus familiares ele queria procurar um médico ,para tomar uma medicação ou fazer uma cirugia para não pensar em mulheres, ele procurou o ministério para contar seu caso mas não teve uma resposta satisfatória e continuou com o seu poblema. segundo ele me contou ele queria se santificar, ai conversei com ele na maneira que DEUS me deu ele se acalmou mais e está servindo a DEUS com o seu estrumento e dizendo que DEUS é bom. ficai todos na paz de DEUS
Relendo este tópico, fui notar que foi dito acima: "... para não pensar em mulheres..."
Posso estar enganado, mas acho que não existe cirurgia para não pensar em alguma coisa.
Existe cirurgia para não conseguir alguma coisa.

De qualquer modo, o que esse Irmão precisaria é de um estudo bíblico objetivo sobre o assunto, conselhos com muito amor.

DEUS nos abençoe.
Luiz Flavio.

Luiz Flavio N. Facci

Mensagens : 551
Data de inscrição : 12/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: irmãos para DEUS nos ouvir temos que fazer penitencia?

Mensagem  Sergio Teixeira em Seg Mar 26, 2012 6:27 pm

Aquele tipo de pensamento poderá inclusive estar evidenciando algum tipo de distúrbio mental, algo merecedor de atenção médica especializada urgente.
Muitos suicidas começam assim, tendo pensamentos gradativamente distorcidos. Muitas fobias, antipatias e alergias também têm sua origem na realimentação de pensamentos negativos.
A mente, para ter sanidade, precisa estar recheada de valores positivos, e não de negatividade.
É portanto impossível a um pessimista seguir a Cristo.
Há mais de 20 anos atrás eu perguntava intimamente a Deus por que precisávamos ficar dando "glória a Deus, glória a Deus, glória a Deus", se Ele já era dono de toda a Glória que há no mundo.
E a resposta que tive então foi mais ou menos essa, de que precisamos encher nossa mente com pensamentos positivos, e não com a excessiva preocupação com as coisas pobres e fracas deste mundo.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: irmãos para DEUS nos ouvir temos que fazer penitencia?

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum