CCB: SISTEMA DE GOVERNO ECLESIASTICO

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

CCB: SISTEMA DE GOVERNO ECLESIASTICO

Mensagem  vasco em Seg Jan 09, 2012 5:52 am

A Paz de Deus a todos
A CCB em seu estatuto diz que ela é administrada pelos admnistradores e quanto a parte espiritual nao há governo humano pois somente o divino prevalece. Nós sabemos que toda instituicao religiosa de uma forma ou de outra há governo e a CCB nao foge há regra. Basicamente na CCB funciona assim a Igreja Local tem o seu ministerio que por sua vez reporta suas decisoes ao anciao antigo da cidade este por sua vez reporta à semi regional e a semi regional reporta a regional e a regional o BRas. Este tipo de governo se enquadra ao qual? Ao episcopado? Congregacional? Fderativo? Será que no inicio da CB era assim? O seu fundador era de origem congrecionalista? No ponto de vista de voces e biblicamente falando qual o sistema de goerno mais correto e mais biblico? Congrecacional? Federativo? Episcopal? Opinem

vasco

Mensagens : 50
Data de inscrição : 20/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CCB: SISTEMA DE GOVERNO ECLESIASTICO

Mensagem  Cardo em Seg Jan 09, 2012 6:26 am

Não concordo muito com essas classificações, por exemplo tem denominação que é propriedade privada de um indivíduo e não se enquadra.

Somente usando como ponto de partida, veja o que a wikipedia diz sobre a CCB:
A organização eclesiástica da Congregação Cristã no Brasil é uma forma adaptada do governo presbiteriano: um grupo de igrejas locais são reunidas em uma "região administrativa", normalmente correspondente a um município nos estados onde a igreja é maior e vários municípios onde a Congregação é menor, presidida por um conselho de anciãos e um corpo administrativo. As regiões administrativas são agrupadas em "regionais", que por sua vez se concentram nas "assembleias estaduais". O organismo máximo é a "Assembleia Geral" que ocorre na congregação do Brás anualmente sempre no mês de abril

Mas me intrigou isso:
A Congregação Cristã nos Estados Unidos conta com cerca de 70 congregações em 2010, com assembleias anuais rotativas em Alhambra, CA, Buffalo, NY e Chicago. Diferente de sua co-irmã brasileira, segue um regime congregacionalista, sem ter sedes ou "centrais". É membro da United Religions Initiative(?).


Alguém é familiar com essa diferença? O que é essa United Religions Initiative?


E o mais importante, como era o governo na igreja primitiva do tempo dos apóstolos? O que podemos concluir pela leitura do Novo Testamento?

Cardo

Mensagens : 32
Data de inscrição : 15/12/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CCB: SISTEMA DE GOVERNO ECLESIASTICO

Mensagem  Sergio Teixeira em Seg Jan 09, 2012 5:20 pm

A Paz de Deus a todos
A CCB em seu estatuto diz que ela é administrada pelos admnistradores e quanto a parte espiritual nao há governo humano pois somente o divino prevalece. Nós sabemos que toda instituicao religiosa de uma forma ou de outra há governo e a CCB nao foge há regra. Basicamente na CCB funciona assim a Igreja Local tem o seu ministerio que por sua vez reporta suas decisoes ao anciao antigo da cidade este por sua vez reporta à semi regional e a semi regional reporta a regional e a regional o BRas. Este tipo de governo se enquadra ao qual? Ao episcopado? Congregacional? Fderativo? Será que no inicio da CB era assim? O seu fundador era de origem congrecionalista? No ponto de vista de voces e biblicamente falando qual o sistema de goerno mais correto e mais biblico? Congrecacional? Federativo? Episcopal? Opinem
Os atos administrativos são praticados pela administração local, sempre de comum acordo com o Ministério Espiritual.
Isso significa que todas as deliberações do Ministério que envolvam atos administrativos, tem sido através de reuniões e orações conjuntas das quais participam os imãos anciães, diáconos, cooperadores, administradores e o conselho fiscal.
Quando o assunto é de ordem espiritual, a administração e o conselho fiscal não se envolvem de forma alguma, pois isso foge à sua competência.

Quando às Regionais administrativas, não é assim que funcionam.
"Regionais administrativas" não se envolvem com a parte espiritual, nem administram nada.
São como centrais de serviços de apoio às administrações de uma determinada região, e onde geralmente fica o pessoal técnico que assessora tais administrações (advogados, despachantes, arquitetos, engenheiros, contadores, técnicos de TI, etc. ).
Até há poucos anos aqui no Rio de Janeiro não tínhamos um ancião responsável pela Regional. Agora, ouvidas nossas preces, já temos um dentre os mais competentes, para dividir conosco essa responsabilidade e para nos orientar em tudo que seja necessário e levar a nossa voz aos demais irmãos de região.
Os irmãos anciães se reportam ás administrações e às regionais apenas em pequenos detalhes, como resultado de batismos e santas ceias, e informações necessárias à elaboração do Relatório Anual (este a cargo da Administração São Paulo, que centraliza esse controle para maior eficiência).

Um esclarecimento: Nenhum conselho fiscal, de nenhuma organização "pertence" à administração, sendo um órgão necessariamente autônomo que representa a irmandade, sendo indicado anuamente à Assembléia pelo colegiado de anciães da localidade.
A administração por sua vez tem um mandato de três anos, e também é indicada pelos irmãos anciães à Assembléia.
Essa é a nossa prática até hoje.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CCB: SISTEMA DE GOVERNO ECLESIASTICO

Mensagem  vasco em Ter Jan 10, 2012 5:59 am

Irmao SErgio quando postei este tópico eu me referia ao sisema de governo eclesiastisco pois administrativamente a CCB possui um otimo sistema de governo e ambem condizente com o codigo civil. Quanto as regionais existe sim as regionais e semi regionais em carater espiritual, prova disso é que por exemplo nao se ora para batismo novos obreiros irmas da obra da piedade numa reuniao local administrativa e sim numa CC regional com um anciao regonal presidindo correto? para o ministerio de anciao e diacono ora-se na CC do estado correto? logo existe uma herarquia, um tipo de governo e é esse tipo de governo que estamos discutindo neste tópico, o governo eclesiastico. Eu particularmente aprecio muito o sistema de governo da IPB.

vasco

Mensagens : 50
Data de inscrição : 20/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CCB: SISTEMA DE GOVERNO ECLESIASTICO

Mensagem  Sergio Teixeira em Ter Jan 10, 2012 7:59 am

Irmao SErgio quando postei este tópico eu me referia ao sisema de governo eclesiastisco pois administrativamente a CCB possui um otimo sistema de governo e ambem condizente com o codigo civil. Quanto as regionais existe sim as regionais e semi regionais em carater espiritual, prova disso é que por exemplo nao se ora para batismo novos obreiros irmas da obra da piedade numa reuniao local administrativa e sim numa CC regional com um anciao regonal presidindo correto? para o ministerio de anciao e diacono ora-se na CC do estado correto? logo existe uma herarquia, um tipo de governo e é esse tipo de governo que estamos discutindo neste tópico, o governo eclesiastico. Eu particularmente aprecio muito o sistema de governo da IPB.
Certo.
Apenas que senti de dar maior clareza a esse termo "regional", visto que não se chama às reuniões de anciães de "regionais" apesar de se tratar de anciães da região.
E como o irmão afirmou, o sistema administrativo da CCB é totalmente compatível com o Código Civil Brasileiro e com as normas brasileiras de contabilidade (isso agora mudou de nome, e no momento não me lembro).
Sob o ponto de vista administrativo da azienda, o manual e os procedimentos administrativos fazem parte de uma obra que se pode chamar de impecável, diante de outros modelos administrativos que costumamos encontrar por aí.

Quanto aos critérios adotados pelo Ministério para oração, realmente não saberia me pronunciar a respeito.
Existe uma aparente contradição entre o estatuto, os textos historicamente legados e a prática ministerial, pois tanto o estatuto quanto os textos legados afirmam "não haver hierarquia".
Tenho observado que essa aparência de contradição se dá por que os anciães têm um natural poder de mando que não é previsto nos escritos.
Eu daria a esse fenômeno o nome de "ascendência", que é um misto de prestigio com confiança depositada pela membresia sobre eles.
Na prática, o que um ancião (ou seu conjunto) disser, tem "peso de lei" entre o povo, por causa dessa tal ascendência, ou seja, por que a membresia sempre se apraz em ser concordante com eles.
Mas ao pensar em um organograma, as pessoas naturalmente imaginam um grupo de escalões de mando onde há presidênca, logo abaixo a diretoria, logo abaixo as gerências, logo abaixo as chefias, etc. até chegar aos "trabalhadores braçais" na base desse mesmo organograma comum.
Na CCB porém nosso organograma não seria assim, pois não teria "topo" e "base", porém uma organização concêntrica, onde nos ajuntamos uns ao redor dos outros, da mesma forma como o fazem os insetos sociais como as abelhas e as termitas, por exemplo.
Dessa forma cada um cumpre com sua missão, e juntos formamos um feixe indestrutível, sob a graça de Deus.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CCB: SISTEMA DE GOVERNO ECLESIASTICO

Mensagem  vasco em Ter Jan 10, 2012 9:34 am

Aqui na minha regiao (uma parte do norte de minas) chama sim as reunioes de anciaes e diaconos de sub regional ou semi regional. Por exemplo onde moro mesmo tem duas reunioes sub regionais no ano, em outros dois municipios vizinhos distantes 130km e o outro 150 tambem há duas reunioes sub regionais logo a cada 60 dias ocorre reunioes regionais em que todos os anciaes e diaconos das cidades comprendidas nessas regioes se reunem onde vem um anciao de Sao Paulo que é o responsável pela regiao e atende essas reunioes e sao tratados reuioes de carater espiritual, apresentacao de novos obreiros ai em cada regional tem duas reunioes uma para anciaes e diaconos e apos essa, outra reuniao com anciaes diaconos cooperadores e cooperadores de jovens e menores e a administração local somente os titulares. Lembrando que essa reuniao nao é a mesma reuniao local. A reuniao local acontece bimestralmente com comparecimento do ministerio espiritual admnistracao e colaboradores. Alem dessas reunioes sub regionais nestes municipios, há um municipio ( que nao é a capital do estado) que acontece reuniao regional e nessa reuniao só vai os convocados para tal, ou na assembleia de ensinamentos esta cidade é tida como regional, onde todas as sub regional está "subordinada" a ela inclusive envia até coleta para custear partes despesas administrativas e de informatica. Entao eu percebo que o sitema de governo na pratica adotado pela CCB é o episcopal. Agora analisando sociologicamente, o sucesso da CCB enquanto instituicao e a uniformidade bem como a unidade se deu pelo fato de adotar-se mesmo que informalmente esse modelo de gestao, pois talvez se tivesse adotado o modelo congregacional pode-se-ia que hoje nao teriamos esse sentimento de unidade e uniformidade.

vasco

Mensagens : 50
Data de inscrição : 20/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CCB: SISTEMA DE GOVERNO ECLESIASTICO

Mensagem  Sergio Teixeira em Ter Jan 10, 2012 2:04 pm

Por uma grande e feliz coincidência, as Reuniões Gerais de Ensinamentos (RGEs), apelidadas pelo povo de "assembléias anuais" são realizadas exatamente nas mesmas igrejas que abrigam as Regionais Administrativas.
Nessa ocasião específica, portanto, o local que abriga a regional administrativa (órgão de apoio às administrações de uma região) passa a funcionar e a ser visto também como uma espécie de "regional espiritual".
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CCB: SISTEMA DE GOVERNO ECLESIASTICO

Mensagem  vasco em Ter Jan 10, 2012 2:56 pm

Mas de fato é uma regional espiritual pelo menos aqui na minha regiao porque como mencionei nesta regional há reuionoes para os irmaos de ministerios SOMENTE para os convocados que na maioria das vezes sao os mais antigos e o que sedeermina lá sao acatados pela igrejas locais.

vasco

Mensagens : 50
Data de inscrição : 20/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CCB: SISTEMA DE GOVERNO ECLESIASTICO

Mensagem  Valder em Ter Jan 10, 2012 6:54 pm

O sistema na CCB claramente não segue a rigidez do sistema presbiteriano, não é congregacional e nem é episcopal, na minha opinião.

No sistema episcopal, o poder está na mão de um bispo (ancião), responsável pelas decisões e ele comanda um colegiado de outros bispos subalternos. No topo da hierarquia teríamos alguém como um papa, decidindo tudo na CCB e isso não ocorre. Anciães regionais ou de São Paulo que vão atender reuniões não tem o poder que um bispo tem no sistema episcopal. Este é o sistema católico.

Percebe-se, como já foi dito, uma hierarquia informal entre os anciães,por diversos motivos, e alguns se sobressaem, mas este não tem o poder de um bispo sobre os demais.

No passado ficou escrito que se deveria respeitar a antiguidade no ministério, ou seja, o governo dos mais velhos, ou gerontocracia, segundo os estudiosos. O sistema na CCB seria do tipo tribal, semelhante ao de algumas tribos africanas.

Modernamente se observa, porém, está se fortalecendo uma hierarquia, com anciães novos de ministério se destacando. Eu acredito que essa mudança se deve ao contexto atual e as diversas demandas que a denominação enfrenta, exigindo um perfil de ancião, sintonizado com estas demandas e que além de defender a tradição da igreja, tenha capacidade de enfrentar desafios que alguns anciães mais velhos não tem, apesar de serem homens idôneos e honrados.

Na minha região tenho visto um ancião dos mais novos de ministério, se destacar dentre seus pares. Relativamente joven, sábio, prudentes, alinhados com a doutrina dos mais velhos e merecedor da confiança destes, recebendo missões e incumbências que outros mais velhos jamais receberam e assim vão construindo uma ascendência sobre os seus pares.

Sobre esta ascendência, as vezes, o que prevalece não é como a irmandade enxerga determinado líder, mas como o ministério mais antigo o considera.

Valder

Mensagens : 23
Data de inscrição : 03/08/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CCB: SISTEMA DE GOVERNO ECLESIASTICO

Mensagem  Cardo em Ter Jan 10, 2012 7:41 pm

O sistema na CCB claramente não segue a rigidez do sistema presbiteriano, não é congregacional e nem é episcopal, na minha opinião.

Concordo. A CCB tem suas peculiaridades.

Tem denominação que é organizada em presbitério regional para onde vão os fundos e redistribuídos de acordo com as necessidades. Em outras o dinheiro vai para uma diocese que paga os ministros e mantém suas propriedades locais. Financeiramente na CCB igreja alguma tem obrigação de manter outro "nível" administrativo ou é mantido por outra congregação ou nível de adminstração. Ainda que haja uma cooperativa para construír casas de orações dentro de uma região (e muita das vezes em outras regiões mais carentes, feito por amor não por obrigação estatutária) as congregações não são comprometidas financeiramente. Isso é típico de autonomia congregacionalista.

Nenhum ancião é bispo monárquico. Ninguém concentra poder pessoalmente. O conselho de anciãos também não é organizado em linhas de hierarquia de representatividade: ancião representando o bairro x, cidade y, região z, estado A, mas em linhas de antiguidade no ministerio.

Notei pelas vezes com que estive com um saudoso ancião dos Estados Unidos que por lá as congregações locais são mais autônomas que no Brasil. Por isso achei interessante essa diferenciação descrita na wikipedia. Alguém sabe informar mais?

Cardo

Mensagens : 32
Data de inscrição : 15/12/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CCB: SISTEMA DE GOVERNO ECLESIASTICO

Mensagem  Sergio Teixeira em Ter Jan 10, 2012 8:05 pm

É necessário que não se confunda o conceito de "antiguidade no ministério" com gerontocracia.
Teoricamente um ancião de 50 anos de idade pode ser mais antigo no ministério que outro, que tenha completado 70 anos.
E na CCB a palavra "ancião" não significa "velho", "senil", mas "sábio" e quase um "hierofante" (pessoa encarregada de cuidar da tradição episcopal, guardião das Escrituras).
Essa antiguidade no ministério na prática se estende também espontaneamente para as demais atividades, inclusive administrativas ou mesmo dentro da própria irmandade "de banco", que em tudo procura honrar os "mais antigos na Graça".
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CCB: SISTEMA DE GOVERNO ECLESIASTICO

Mensagem  "Ekklésia Christiana" em Ter Jan 10, 2012 8:51 pm


Saudações cristãs,

Irmão Sérgio...





Permita-me um "aparte".


Vez por outra, o irmão recorre a terminologias, paralelismos e demais elementos comumente aplicáveis ao Paganismo Clássico, Neo-paganismo, Hermetismo/Ocultismo... No presente contexto, temos uma alusão - estritamente alegórica, ressalte-se - à figura do Hierofante.


A titulo de informação... como se posicionam nossos irmãos cariocas para com tais colocações? (quando as compreendem, evidentemente). Indiferença, menosprezo, censura?...


Perdoe-me a inconveniência e digressão, e na sequência retomemos a pauta (Congregação Cristã e modalidades administrativo-eclesiásticas).




Atenciosamente,

"Em Caridade"

Irmão Ednelson

"Ekklésia Christiana"

Mensagens : 497
Data de inscrição : 18/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CCB: SISTEMA DE GOVERNO ECLESIASTICO

Mensagem  Sergio Teixeira em Qua Jan 11, 2012 9:39 am

Recebo e aceito de bom grado o aparte, entretanto lamento não ter sido suficientemente claro mesmo colocando a palavra "quase" no sentido de enfatizar o ponto de vista da irmandade - e que no contexto nada tem a ver com paganismo - com referência a cada um dos irmãos que administram a parte espiritual, e que em nosso meio especificamente são chamados de "anciães" e não de bispos, presbíteros, pastores, etc.
Então de forma alguma eu afirmei que um ancião seja um hierofante, mas que sob o ponto de vista da membresia ele seria "quase que um hierofante", em vez de ser apenas uma "pessoa velha".
É esta a comparação, no tocante ao vocábulo "ancião".
Nós dois sabemos o que é na verdade um hierofante, e embora a membresia não o saiba, é praticamente dessa forma que os vê, revestidos daquelas prerrogativas.
Sinto certa dificuldade de me expressar aqui.
"Anciães" não são "anjos" (seres celestiais), mas são chamados de "anjos da igreja", e também considerados como tal.
Em tudo isso há uma grande naturalidade e espontaneidade, não havendo a meu ver nenhum motivo para discussões paralelas.
Voltemos pois ao cerne da questão.
Que Deus abençoe a todos.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CCB: SISTEMA DE GOVERNO ECLESIASTICO

Mensagem  "Ekklésia Christiana" em Qua Jan 11, 2012 10:04 am


Saudações cristãs,

Irmão Sérgio, prezado...





Sequer eu propus uma equivalência entre a figura do "hierofante" e nossos Presbíteros...

A questão posta foi outra e, sem maiores complexidades:

- Sua eventual recorrência à terminologia e/ou conteúdo pagão-hermético e a consequente reação de seus pares...

Tão-somente isso, nada além...

Perdoe-me, todavia.





Atenciosamente,

"Em Caridade"

Irmão Ednelson

"Ekklésia Christiana"

Mensagens : 497
Data de inscrição : 18/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CCB: SISTEMA DE GOVERNO ECLESIASTICO

Mensagem  Aldo em Dom Jul 28, 2013 4:19 pm

Saudações em Cristo,

Me desculpe os demais debatedores mas pelo que percebi em todas postagens,  ninguém sabendo colocar ou entendendo o que é um Governo Eclesiástico!. Eu particularmente há bom tempo buscando uma informação e orientação à respeito a que governo eclesiástico tem na Congregação; nenhum dos 03 (tres) ou 04 (quatro) que já vi e estudei a Congregação parece não se enquadrar!. É um movimento espiritual é!; mas e a parte humana, material e administrativa?. Vejamos abaixo esta tiragem da Internet neste Link que estou postando.

http://pranselmoteologia.blogspot.com.br/2012/05/uma-reflexao-sobre-sistemas-de-governo.html

Entendo quer seja no segmento pentecostal, quer seja no segmento das igrejas tradicionais e assim por diante sabemos que Deus é o centro universo de tudo; mas a forma de Governo que é referida; se intitula na forma, tipo ou o sistema que nós, crentes, usamos para administrar e coordenar a igreja.

Confiram o Link que postei!. É de suma importância este conhecimento no meio Cristão!.
avatar
Aldo

Mensagens : 24
Data de inscrição : 12/02/2013
Idade : 56
Localização : Frutal - Minas gerais

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CCB: SISTEMA DE GOVERNO ECLESIASTICO

Mensagem  Valder em Seg Jul 29, 2013 2:46 pm

Irmão Aldo,

O sistema da CCB não é o congregacional, destacado pelo pastor no link que vc forneceu.


Valder

Mensagens : 23
Data de inscrição : 03/08/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CCB: SISTEMA DE GOVERNO ECLESIASTICO

Mensagem  Aldo em Seg Jul 29, 2013 4:22 pm

Saudações Valder,

O Link que postei é para uma comparação com os tipos de governos eclesiásticos adotados dentro de uma igreja!. O Sistema de Governo eclesiástico "Congregacional" é usada nas Igrejas Batistas Valder!; não me referi que ele se enquadre na Congregação Cristã No Brasil; pois verificando os estatutos da mesma nem um destes sistemas de governo eclesiasticos se encaixa na Congregação Ok.
avatar
Aldo

Mensagens : 24
Data de inscrição : 12/02/2013
Idade : 56
Localização : Frutal - Minas gerais

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CCB: SISTEMA DE GOVERNO ECLESIASTICO

Mensagem  Mourão em Seg Jul 29, 2013 8:51 pm

Embora o assunto proposto aparentemente não nos edifique espiritualmente, tenho a considerar que a Congregação conseguiu ultrapassar todas as barreiras da teoria, e ir-se enquadrar em outra categoria totalmente à parte, jamais antes imaginada pelos administradores religiosos.
Realmente, não nos enquadramos em qualquer das categorias sugeridas.

E se prestarmos atenção, veremos que as igrejas a cargo do apóstolo Paulo também tinham sutis diferenças organizacionais entre si.

Para nossa edificação, todavia, consideremos que é o Espírito Santo de Deus que nos intui em todas as coisas, inclusive na forma de administrar espiritualmente a igreja, que não está submissa à vontade de uma pessoa ou de um grupo de pessoas que tenham de cumprir rigorosamente tais e tais critérios; somos governados sempre de acordo com a necessidade que se apresenta, mas de forma absolutamente cordata, sem todavia nos tornarmos "globetrotters" ou acéfalos.
Temos cabeça, sim, e nossa cabeça é o nosso Deus, que se expressa entre nós através de seu santo Espírito.

Não há, teoricamente, como "explicar" ou "classificar" o sistema administrativo espiritual da Congregação dentro dos critérios preexistentes.
Também a Congregação é uma igreja desconcertantemente dificil de classificar:
É Pentecostal? Podemos até dizer que sim.
É Tradicional? Certamente que não.
É Protestante? Não!
Ora, conhecemos suas origens presbiterianas e seu "sabor" valdense, todavia a igreja não é nem presbiteriana nem valdense - nem mesmo protestante, segundo a verdadeira acepção da palavra.
A característica que mais a marca é a de retroagir doutrinariamente ao tempo exato dos apóstolos, coisa que nenhuma outra igreja cristã conseguiu fazer.
Como os valdenses, não participou da Reforma, e portanto não protestou; antes deu continuidade ao caminho primitivo que o Cristianismo iniciante seguiu.
Mas, claro, se olharmos por outra face do prisma, poderemos tirar outras conclusões.
avatar
Mourão

Mensagens : 135
Data de inscrição : 11/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CCB: SISTEMA DE GOVERNO ECLESIASTICO

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum