Ensaios Musicais: encarregados e conduta imprópria

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ensaios Musicais: encarregados e conduta imprópria

Mensagem  "Ekklésia Christiana" em Seg Jun 25, 2012 5:26 pm


Saudações cristãs,

Amados...




Nossos ensaios musicais tem por prioritário e exclusivo fim o aperfeiçoamento e/ou correções no âmbito da musicalidade sacra. Os ensaios (em quaisquer de suas acepções - parciais, regionais) encontram-se circunscritos à música e seu indispensável contributo - por assim dizer - "litúrgico".

A liturgia "comum" conforme preconizada por Ancião Miguel Spina (visando-se a uniformidade quanto ao Serviço Sacro aplicável à Congregação Cristã no Brasil e congêneres) apresenta-se meticulosamente delimitada em seus componentes, de modo a preservar a decência e ordem apostolicamente estatuídas.

Tanto o presidente ou oficiante (lat.: "liturgo") quanto os demais co-participantes devem ater-se ao que lhes fora estritamente confiado e/ou delegado, em conformidade com o arranjo previsto. Ao presidente (exceto em excepcionais circunstâncias*) não se faculta imiscuir-se em matéria alheia, o mesmo aplicando-se aos exercentes de atividades outras.

Têm-se verificado, que por ocasião dos ensaios musicais (regionais e/ou parciais) muitos dos encarregados, inadvertidamente, utilizam-se do conteúdo de nossos hinários para a exposição de posições ou pareceres de natureza teológico-doutrinária, o que pressupõe a transposição dos limites inerentes à sua função.

Deste modo, uma estrofe, verso, estribilho ou expressão - isolados de seu contexto - tornam-se o referencial-base a partir do qual se desenvolvem construtos e admoestações derivadas. Nossos Anciãos tem considerado o fato como inadequado e funcionalmente incoerente, daí advindo acumuladas queixas.



Ancião Paulo Plácido


Nesse final de semana, estando congregado em São Paulo (23/06 - Jd. Paulista) Ancião Paulo Plácido manifestou-se pública e categoricamente contrário à postura descrita, prontificando-se à sua erradicação.
Relatou que tendo presenciado o fato em uma determinada localidade*, indignou-se sobremaneira, razão pela qual pretende conduzir a pauta à Assembleia Ministerial semanal (Corpo Ministerial “Sênior”) a fim de que se executem as devidas medidas - sob o amparo dos dispositivos estatutários regularmente aceitos.

Ressalte-se ainda que Ancião Paulo Plácido desfruta de ampla adesão por parte de seus pares, sendo classificado por alguns como um dos baluartes de nossa tradição ou legado. É esporadicamente designado como representante oficial em distintas regiões do país.

Conhecido por sua alegada eloquência e desenvoltura, figura entre os anciãos ditos “anti-legalistas”. Nos últimos anos, porém, passou a demonstrar um maior rigor, gravidade e comedimento (quanto ao seu habitual “laissez faire, laissez passer”**).

Particularmente, permito-me a reserva no tocante à sua “didática” ou “metodologia”, retendo, contudo, muito de sua experiência.

Apesar de ainda não haver iniciado (formalmente) o processo mencionado, rogou aos presentes que o fizessem notório.

Aguardemos o desdobrar dos fatos.


_____________
* omita-se.
** fr.: “deixai fazer, deixai passar”.




Atenciosamente,

“Em Caridade”

Irmão Ednelson

"Ekklésia Christiana"

Mensagens : 497
Data de inscrição : 18/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ensaios Musicais: encarregados e conduta imprópria

Mensagem  Benício em Seg Jun 25, 2012 7:36 pm

Gostaria de expressar aqui minha consonância com esta postagem.

Tem muitos encarregados regionais aí que se acham os profetas com dom de pregar pela música, e ficam aí nos ensaios, em cada estrofe, cada nota de pauta musical prometendo tudo, de carro novo até implante de silicone e botox.
Estas promessas me lembram muito o espirito de adivinhação, que se encontra nestas casas de macumba e cultos pagãos de origem africana, ou até mesmo o espiritismo e tradições ciganas.

Quanta ignorância destes encarregados, principalmente de um famosão de lá de Cabreúva, que deve ficar todo excitado ao ver a igreja só no "calamanaia" nos videos no YouTube que tem por aí.

Embora eu tenha dito no tópico acerca do hinário 5 que nossos anciãos estão com a cabeça empoeirada, concordo com esta atitude do irmão Plácido, agora a pergunta: será que irão fazer ameaça para os regionais escandalosos também? Será que estes anciãos tem coragem de ameaçar algo do tipo "se continuar com estes escândalos vamos tomar providencias necessárias" como sempre fazem com a parte mais fraca da igreja (irmandade)?

Em minha humilde opinião, as vezes falta mais luz para estes caras, eles deixaram o poder subir em suas mentes.

Aproveitando o gancho, quero complementar: nao é a toa que tem lugares que a orquestra toca igual um lixo, nem parece que tem encarregado, pois levam os ensaios como se fossem cultos busca de dom...

Benício

Mensagens : 101
Data de inscrição : 09/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ensaios Musicais: encarregados e conduta imprópria

Mensagem  Sergio Teixeira em Seg Jun 25, 2012 7:59 pm

Concordo igualmente com a postagem, visto ser o assunto de uma certa gravidade.
No entanto, gostaria que se atentasse para a necessidade de cuidar dos "telhados de vidro" que aparecem por aí, onde se professa o "faça o que eu digo mas não faça que eu faço".
O que o encarregado não deve fazer, o ofício ministerial igual e principalmente não deveria, a saber, essas tais "profetadas" que em nada edificam.
É bom matar o mal pela raiz, e não pela periferia. O melhor meio de ensinar é através do exemplo e não da alegação ou do mando.
Quem viaja por aí sabe muito bem que esse negócio de atacar o povo "a golpes de profecia" não tem sido exclusividade dos encarregados musicais...
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ensaios Musicais: encarregados e conduta imprópria

Mensagem  "Ekklésia Christiana" em Seg Jun 25, 2012 10:34 pm


Saudações cristãs,

Amados...




Oxalá, a reprimenda se limitasse apenas ao seu componente "profético" e/ou emotivo.

Discorre-se acerca de temáticas potencialmente polêmicas, como especulações relativas a Cristo e sua natureza (Cristologia), a salvação ou eleição e seus critérios (Soteriologia), o juízo vindouro, milenarismo e minúcias diversas (Escatologia), entre outros.

A instrução (gr.: "κατήχησις") ou doutrina constituem prerrogativas de cunho eminentemente presbiteral (exceto sob concessão).



Atenciosamente,

“Em Caridade”

Irmão Ednelson

"Ekklésia Christiana"

Mensagens : 497
Data de inscrição : 18/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ensaios Musicais: encarregados e conduta imprópria

Mensagem  Sergio Teixeira em Ter Jun 26, 2012 8:00 am

Exatamente, irmão Ednelson.
Acontece que da maneira como é colocado, dá a impressão de que tais distorções partem unicamente dos encarregados de orquestra.
A verdade é que partem também (mas não exclusivamente) deles, e é necessária a admoestação, porém com o necessário cuidado com as palavras, para evitar injustiças e mais ainda, procurar contar a enorme evasão de músicos que já se verifica em nossos dias, em muitos lugares do Brasil, entristecidos com a enorme quantidade de ingerências por parte do ministério que incautamente se faz representar em algumas ocasiões por palavras de extrema arrogância.
Como diz o dito popular, "o pau que dá em Chico também dá em Francisco"...
Ou seja, ninguém - por mais privilegiado que se possa julgar - é invulnerável à doutrina.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ensaios Musicais: encarregados e conduta imprópria

Mensagem  MEIRA COURI em Ter Jun 26, 2012 8:18 am

A Paz...

Pode-se até ser colocado em pauta, e até sair nos topicos na proxima assembleia!!

Mais eu duvido que tais elementos, vão aceitar a correção!!

O correto é ter ameça mesmo: faz a coisa certa ou tem 10 querendo tua vaga!!!

Tinha um finado Ançião por aqui, que ves em quando convidava encarregado a retirar-se, isso no meio do ensaio.

Deus Abençõe

MEIRA COURI

Mensagens : 80
Data de inscrição : 16/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ensaios Musicais: encarregados e conduta imprópria

Mensagem  Sergio Teixeira em Ter Jun 26, 2012 8:37 am

...faz a coisa certa ou tem 10 querendo tua vaga!!!
É, amado irmão! Infelizmente eu mesmo já ouvi dessas coisas por aí, nem uma, nem duas, nem dez vezes...
(Se bem que nunca alguém disse isso com relação a mim).
Mas é verdade que tem realmente muita gente desejando avidamente galgar posições dentro das igrejas, e não só na CCB.
E tem muita gente lamentavelmente querendo exercer mando, mostrar status, requerer honras e prestígio.
Nesse caso, ficam valendo as "leis de mercado": "Procura" versus "oferta".
Mas temos de tomar especial cuidado, pois se formos nos melindrar com cada uma das coisinhas que acontecem no dia a dia, certamente pararemos na Graça em pouquíssimo tempo.
Tenhamos uma coisa em mente: O Pai Eterno nos quer para Si, e o Seu Filho nos arregimentou.
Quem pois deseja nos separar desse Amor? A resposta é óbvia, não?
Temos portanto que lutar dentro de nós mesmos contra os efeitos de tais adversidades em nossas vidas.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ensaios Musicais: encarregados e conduta imprópria

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum