Período Apostólico e cidades célebres: Tessalônica

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Período Apostólico e cidades célebres: Tessalônica

Mensagem  "Ekklésia Christiana" em Qua Maio 16, 2012 10:09 pm




Período Apostólico e cidades célebres:

TESSALÔNICA



Cidade grega fundada por Cassiandro em 316 a.C. Esse general de Alexandre, o Grande batizou a cidade com o nome de sua esposa. Importante centro comercial desde 168 a.C., Tessalônica foi anexada ao Império Romano em 164 a.C. e tornou-se capital da Macedônia. Com suas muitas formas de adoração pública, Tessalônica é uma referência quanto a divinização de imperadores; possuia um templo para o culto a César. Em suas moedas a cidade de Roma e os seus imperadores eram retratados como divindades.





Sítio arqueológico (fórum)


O porto de Tessalônica era uma das principais passagens para a Macedonia. Navios cruzando o Mar Egeu frequentemente paravam aqui. Produtos podiam ser trazidos das cidades do interior pelo Caminho Egnatan, a principal rota através da região. Do porto de Tessalônica os produtos poderiam ser embarcados para qualquer mercado.

Possuía um templo a deusa ísis, ao lado de Kabiros, sua divindade protetora. Dos relatos que envolvem personalidades nos ritos sagrados das cidades gregas, desde o século VI a.C., é possível afirmar que os tessalonicenses praticavam cultos de mistério, principalmente a Kabiros, também protetora da cidade de Filipos. Em meio a toda essa diversidade cúltica havia uma comunidade judaica que, descontente com o êxito do programa evangelísitico agita o povo da cidade contra o apóstolo Paulo.

Tessalônica foi a segunda cidade européia a ouvir a pregação de Paulo, e provavelmente a primeira igreja a receber uma de suas epístolas. Hoje em dia é conhecida como Salônica. Por estar situada na grande estrada militar do norte, que ia da Itália até o Oriente (conhecida como a via Inaciana), era um estratégico centro militar e comercial nos dias de Paulo.

Lucas nos conta, na versão grega original de Atos 17:6,8, que os magistrados e funcionários oficiais desta cidade eram chamados politarcas. Durante muitos anos os críticos eruditos afirmaram que este nome ou título não aparecia em nenhum outro documento grego, e que, portanto, Lucas tinha cometido um erro ao empregá-lo.




Vista aérea


Porém, tempos depois, esse título foi encontrado escrito em diversas ruínas de Tessalônica. As inscrições mais importantes no arco da porta de Vardar, que se estendia sobre a via Inaciana na entrada ocidental da cidade. A inscrição diz, em parte o seguinte: "No tempo dos politarcas, Sosipatros, filho de Cleópatra, e Lúcio Pontio Públio Flávio Sabino, Demétrio, filho de Fausto, Demétrio de Nicápolis, Zoilo, filho de Parmênio, e Menisco Gaia Agileu Poteito". A inscrição menciona os seis funcionários da cidade que encabeçavam a “assembléia do povo”





Acrópole gentia e abaixo templo ortodoxo grego


Sem dúvida, Paulo e Lucas passaram através desta porta e notaram a inscrição. Lucas se referiu aos magistrados de maneira correta, dando-lhes um título que aparentemente era utilizado só nessa parte do país.

O arco foi derrubado durante um motim em 1876, depois do qual aquela inscrição foi adquirida pelos ingleses, e na atualidade se acha no Museu Britânico.

Foi encontrada em Tessalônica uma inscrição samaritana do século V d.C., o que pode confirmar a existência desde o período helênico de comunidades de samaritanos vivendo próximo as comunidades judaicas na cidade.
__________________________________________________________________________________________


"Ekklésia Christiana"

Mensagens : 497
Data de inscrição : 18/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum