Deus ouve a quem está em pecado?

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Deus ouve a quem está em pecado?

Mensagem  SANDERSON NEIVA BRITO em Sab Abr 14, 2012 10:09 pm

a paz de Deus , irmandade amada querida e salva pelo sangue de jesus cristo., Gostaria de saber se uma pessoa , independente do que ela seja , criatura ou não serva de Deus ou não e estiver no pecado , prostituição bebendo fumando, eque odeia os outros tem raiva no coração se Deus ouve esses tipo de pessoas ,que estejam com a vida em pecado., aguardo a resposta dos amadose queridos irmãos em nome do senhor e salvador jesus Cristo.

SANDERSON NEIVA BRITO

Mensagens : 23
Data de inscrição : 17/11/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus ouve a quem está em pecado?

Mensagem  Luiz Flavio N. Facci em Dom Abr 15, 2012 10:04 am

A Paz de DEUS esteja em nossos corações.

Em primeiro lugar não devemos nem podemos tentar adivinhar sobre o modo de nosso DEUS.
ELE é DEUS, faz o que quer, ouve a quem quer.

As esmolas e orações de Cornelio subiram a DEUS, não foi? E só depois é que Cornélio conheceu a Graça.

DEUS nos abençoe.
Luiz Flavio.

Luiz Flavio N. Facci

Mensagens : 551
Data de inscrição : 12/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus ouve a quem está em pecado?

Mensagem  Sergio Teixeira em Dom Abr 15, 2012 12:49 pm

Deus sempre ouve sem pestanejar o clamor de uma mãe em favor de seu filho, sem averiguar previamente se há nela dignidade ou não, se a sua vida é reta ou tortuosa, se é fiel ou infiel.
Acho que nesse caso a fé, a confiança no poder de Deus, e a ação individual enfim suplantam todos os dogmas religiosos e quaisquer dificuldades ou obstáculos.
Então se Deus quiser operar, não importa se essa mãe é desleixada, prostituta, ladra, desonesta, como também não importa todo um repertório de "defeitos" e "pecados", "máculas" ou "faltas" de cada um de nós.
A Ele pertencem o Poder, a Vontade e a Misericórdia, e o Verbo.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

paz de Deus desculpe mais não concordo com os senhores, não

Mensagem  SANDERSON NEIVA BRITO em Dom Abr 15, 2012 5:29 pm

A paz de Deus, mais irmandade e sobre aquele versículo que diz que Deus não ouve a pecadores? açho que nessas condições que citei no tópico por mim criado, açho que se a pessoa independente do que seja se não se arrepender novamente, nãoseconverter de novo , não deixar a vida velha de pecado em que estão vivendo e praticando éimpossivel que Deus ouçaa orações de quem está em pecado ., Se não concordarem com aminha opinião então comentem sobre o versículo que citei. paz de Deus

SANDERSON NEIVA BRITO

Mensagens : 23
Data de inscrição : 17/11/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus ouve a quem está em pecado?

Mensagem  Sergio Teixeira em Dom Abr 15, 2012 8:30 pm

A paz de Deus, mais irmandade e sobre aquele versículo que diz que Deus não ouve a pecadores? açho que nessas condições que citei no tópico por mim criado, açho que se a pessoa independente do que seja se não se arrepender novamente, nãoseconverter de novo , não deixar a vida velha de pecado em que estão vivendo e praticando éimpossivel que Deus ouçaa orações de quem está em pecado ., Se não concordarem com aminha opinião então comentem sobre o versículo que citei. paz de Deus
Conhecendo um pouquinho a natureza de nosso Deus, conforme às narrativas do Filho, não posso concordar com nenhum versículo, por mais "oficial" que seja, que coloque qualquer limite no operar do Grande Deus Criador.
Para Deus não existem limites, pois é Ele o Autor e Consumador de toda a obra.
Sei entretanto que existem versículos que afirmam levianamente que para Deus é "impossível" isso ou aquilo.
Ora, sendo Deus onisciente (sabe e conhece todas as coisas) Ele se reserva a prerrogativa de ouvir ou não aos que nós chamamos de "pecadores". Contudo, não sabemos como Ele os vê, pois somente Ele sabe se o "pecado" é eventual ou proposital, e somente Ele pode exercer qualquer julgamento.
E conforme o próprio irmão comenta, temos sempre a oportunidade de procurar o caminho reto, de nos arrependermos, de buscarmos o perdão. Havendo em nós sinceridade e ação, Ele certamente nos ouvirá, por maiores que sejam as nossas fraquezas. Porém, se alegarmos nossa própria fraqueza como justificativa para nossas reincidências no erro, o Senhor - que sonda os corações - certamente deixará de nos atender.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus ouve a quem está em pecado?

Mensagem  BadMix em Ter Abr 17, 2012 5:46 am

Dou graças a Deus porque ele me ouve, e sou pecador!

"Isto é, a justiça de Deus pela fé em Jesus Cristo para todos e sobre todos os que creem; porque não há diferença. Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus"
Romanos 3.22

Eu pequei, peco, e irei pecar, e nisto glorifico a Deus, porque todos estes pecados estão já pagos na redenção já concretizada pela morte de Jesus Cristo.

E para quem acha que não tem pecado,
"Se dissermos que não temos pecado, enganamo-nos a nós mesmos, e não há verdade em nós. Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça. Se dissermos que não pecamos, fazemo-lo mentiroso, e a sua palavra não está em nós."
1João 1.8

Se Deus não ouvisse os pecadores, nenhum homem (exceto o Deus-homem, o cordeiro imaculado), obteria d´Ele qualquer favor.
Escrevo isto não como licença para pecar, mas para que seja claro que biblicamente falando, é claro como água que todo o homem peca, mesmo o já convertido a Deus. A nossa resposta a esse pecado é que difere os que amam a Deus dos que o usam como vã palavra nas suas bocas.

Deus a todos nos abençoe,
Vitor

BadMix

Mensagens : 141
Data de inscrição : 03/02/2012
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus ouve a quem está em pecado?

Mensagem  Luiz Flavio N. Facci em Sex Jul 13, 2012 11:52 am

SANDERSON NEIVA BRITO escreveu:A paz de Deus, mais irmandade e sobre aquele versículo que diz que Deus não ouve a pecadores? açho que nessas condições que citei no tópico por mim criado, açho que se a pessoa independente do que seja se não se arrepender novamente, nãoseconverter de novo , não deixar a vida velha de pecado em que estão vivendo e praticando éimpossivel que Deus ouçaa orações de quem está em pecado ., Se não concordarem com aminha opinião então comentem sobre o versículo que citei. paz de Deus
A Paz de DEUS seja conosco.
O Irmão pode dizer que versículo é esse?
Eu não soube fazer a pesquisa e não consegui encontrá-lo.

DEUS nos abençoe.
Luiz Flavio.

Luiz Flavio N. Facci

Mensagens : 551
Data de inscrição : 12/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus ouve a quem está em pecado?

Mensagem  BELLO em Sex Jul 13, 2012 1:58 pm

SANDERSON NEIVA BRITO escreveu:a paz de Deus , irmandade amada querida e salva pelo sangue de jesus cristo., Gostaria de saber se uma pessoa , independente do que ela seja , criatura ou não serva de Deus ou não e estiver no pecado , prostituição bebendo fumando, eque odeia os outros tem raiva no coração se Deus ouve esses tipo de pessoas ,que estejam com a vida em pecado., aguardo a resposta dos amadose queridos irmãos em nome do senhor e salvador jesus Cristo.

Irmão,

A pessoa que está nessa situação eu acredito que é a que o Senhor mais ouve. Ele não citou que são os doentes que necessitam de médico e não os sãos? Se uma pessoa que estiver nesta situação de voltar para o Senhor eu acredito que o Senhor terá o maior prazer em resgata-lo das garras do pecado, muita das vezes uma pessoa que age dessa forma é porque tem um trauma muito grande e é uma pessoa que está interiormente sofrendo muito e fazendo os outros sofrerem.
Infelizmente constato que a hipocrisia dos fariseus continua em nosso meio, muitos se colocam em um pedestal de falsa santidade e fazem julgamento de irmãos e os condenam facilmente, os jogando fora sem pestanejar.
Já vi irmãos que eram bem amigos e quando um deixou a graça de Deus, por seu livre arbítrio, o outro passou a falar mal do mesmo e inclusive o rejeitava ao ponto de que quando o mesmo o saudava ele ao invés de responder com o amém o mesmo dizia A NEM e ainda ria abusando de seu amigo para os outros irmãos, agora me diga que amizade era essa? Que amigo é esse? Se até Deus respeita o livre arbítrio do homem, porque julgamos dessa forma?

BELLO

Mensagens : 29
Data de inscrição : 03/06/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus ouve a quem está em pecado?

Mensagem  Sergio Teixeira em Sex Jul 13, 2012 2:27 pm

João 9:31
“Ora, nós sabemos que Deus não ouve a pecadores; mas se alguém é temente a Deus, e faz a sua vontade, a esse ouve”.
Porém que significa esse "nós sabemos"?
"Temos certeza", "Imaginamos que", "acreditamos que", "ouvimos dizer que"...
Com exceção da Young's Literal Translation, que diz
"and we have known that God doth not hear sinners, but, if any one may be a worshipper of God, and may do His will, him He doth hear".
"e temos conhecimento de que Deus não ouve a pecadores, mas, se qualquer um pode ser um adorador de Deus, e pode fazer a Sua vontade, a esse Ele sói ouvir".
Há nos textos uma unanimidade em afirmar que "sabemos", "que temos certeza", "que temos conhecimento", "que isso é uma realidade irrefutável", e particularmente muito me admira que tais palavras tenham sido formuladas por João, pois não encontram respaldo no conhecimento que o Messias - seu particular amigo - nos passou a respeito de nosso Pai Eterno.
Por exemplo, se uma mãe, por mais indigna, pecadora, devassa, viciada, ladra, roubadora, prostituta, verdadeiramente um zero à esquerda, clamar a Deus por seu próprio filho, Deus escuta o contexto do clamor e lhe concede prontamente a petição.
Ou não?
O que lhes parece?

Portanto é necessário corrigirmos em nós esse erro do passado de pretender "diminuir" o campo de atuação de Deus tendo como base apenas os conceitos errôneos que permitimos se enraizassem em nós através de julgamentos imperfeitos, de visões distorcidas, de maus entendimentos.
Volto a afirmar que o poder e a misericórida de Deus são infinitos, jamais podendo ser diminuidos de forma alguma por detalhezinhos.
Nos tempos em que eu mesmo era mais um dentre a multidão de teóricos que existem por aí, eu me via "diminuindo Deus" por achar que "a Sua lei era tão perfeita que nem mesmo Ele seria capaz de contrariá-la".
Hoje, fora das teorias, tenho a graça de sentir em meu coração que aquelas minhas palavras é que careciam de fundamento.
Deus provou várias vezes para mim que faz e desfaz segundo a Sua Vontade, não havendo para isso medida de tempo, de distância, de merecimento, de capacidade, de santificação, de tipo de ministério, de antiguidade, coisas assim.
O texto em JFA e nas demais bíblias correntes nos faz acreditar pacificamente que Deus não ouve a pecadores de forma alguma e ponto final, e não vislumbra a mais remota possibiidade de o pecador de hoje ser o adorador de amanhã.
Releiam e constatem.
Porém esse tipo de afirmação contraria frontalmente a nossa prática cristã do dia a dia, ao ouvir testemunhos e mais testemunhos de pessoas que vieram de caminhos tortuosos (e que não são poucas) e que agradecem eternamente a Deus por ter-lhes apontado este caminho santo e que passam a ser caríssimos servos de Deus, sabendo dar valor à grande Graça recebida.

Já o texto na Young's Literal Translation (Tradução Literal do Jovem) abre margem para alguma potencialidade latente, ou seja, exatamente isso: Se aquele que hoje vive no pecado puder ser também um adorador de Deus, e puder fazer a Sua Vontade, a esse ele sói ouvir ("costuma ouvir"; esse verbo soer era muito usado no passado, quando Camões era menino...).
E se Ele costuma ouvir, é porque é para Ele habitual ouvir, não é mesmo?
O que aparentemente não fica definido é quem "pode" e quem "não pode", pois isso é coisa de foro íntimo, do coração, e muitas vezes a própria pessoa não sabe nada sobre isso.
Mas não é exatamente Deus quem sonda os corações? Então essa aparente indefinição fica unicamente por conta dEle, que afinal é quem resolve se receberá ou não as orações.
Enquanto isso, nós nos ocupamos em serví-lo e adorá-lo, que é a parte que nos toca.
Que Deus nos abençoe a todos.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

APENAS UMA PEQUENINA OBSERVAÇÃO

Mensagem  Luiz Flavio N. Facci em Sex Jul 13, 2012 7:47 pm

SANDERSON NEIVA BRITO escreveu:A paz de Deus, mais irmandade e sobre aquele versículo que diz que Deus não ouve a pecadores?
A Paz de DEUS seja sempre em nossos corações e de nossas famílias.

João 9:30-31(leia-se todo o capítulo)
O homem respondeu, e disse-lhes: ... Ora, nós sabemos que DEUS não ouve a pecadores; mas, se alguém é temente a DEUS, e faz a sua vontade, a esse ouve.

Acredito, em minha opinião e meu achismo (sujeita, portanto, a erros) que essas palavras não foram ditas pelo SENHOR JESUS, nem pela Palavra escrita.
Apenas a citação das palavras de um homem.

Seus efeitos serão no coração de cada um, mas não pode servir como "ponto de doutrina", citado como uma verdade absoluta.

Portanto acredito que o que os Irmãos postaram explicando está plenamente correto.

DEUS nos abençoe.
Luiz Flavio.

Luiz Flavio N. Facci

Mensagens : 551
Data de inscrição : 12/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus ouve a quem está em pecado?

Mensagem  Sergio Teixeira em Sex Jul 13, 2012 9:06 pm

Mas o homem - jogando por terra a sã doutrina do Amor, da Misericórdia e da Caridade, da Ação, da Dedicação, da ausência de pavores, do desprendimento, do compartilhar, do voluntariar-se, de aproximar-se de Deus com total liberdade - tem por hábito firmar suas doutrinas pessoais tendo como centro o observar, fiscalizar, criticar, julgar e condenar e finalmente matar seus semelhantes.
O homem procura o mal nos outros, jamais em si mesmo para que pudesse combatê-lo.
Antes contemporiza com esse mal, procurando justificá-lo sob uma capa de "crença religiosa".
Isso é coisa que vem do início dos tempos, a parte nefanda que o Cristo aboliu* mas que continua insistentemente viva e que tem progredido na vida de muitos, que se agarram à parte errada das ordenanças ao mesmo tempo em que desprezam o Evangelho das Boas Novas.
Em vez da ênfase nas crenças religiosas, precisamos da prática cristã sincera e simples. Somente aí então seremos cristãos e não apenas meros carregadores-de-bíblia.

* O Senhor Jesus não veio abolir a lei, porém ratificá-la, confirmá-la.
A lei a que Ele se refere é a Vontade do Pai sem os "convenientes" acréscimos humanos (como é o caso da carta de divórcio, ainda mosaica).
O "lixo da lei" Ele veio jogar fora, desvencilhar-se dele, para que enfim ficássemos livres de todas as prisões.
Ele derrubou toda a hierarquia desnecessária e nos tornou a todos reis e sacerdotes, com todas as vantagens e desvantagens que isso pudesse nos trazer.
Todo Cristão é - abaixo de Deus - o único gestor de sua mente, alma e coração.
É rei e, ao mesmo tempo, súdito.
Mestre, ao mesmo tempo em que aprendiz.
Simples como as pombas, prudente como as serpentes.
Sabendo reconhecer o tempo de abster-se de carregar uma espada, e o tempo em que terá de ter uma à cintura.
Disposto a caminhar espontaneamente duas milhas, quando eventualmente forçado a andar uma.
Ensinando-nos a valorizar e consagrar o templo de nosso coração, que passou a ser morada de Deus, em lugar dos templos físicos construídos pelas mãos do homem.
A propósito o Messias, que jamais se referiu a alguém como sendo "pecador", chamava os escribas e os fariseus de "hipócritas" porquanto - dentre outros procederes - se utilizavam de minúcias da lei como pretexto para apontar erros nas demais pessoas.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus ouve a quem está em pecado?

Mensagem  jaimesilva em Sex Jul 20, 2012 10:54 am

A Paz de Deus meus irmãos em Jesus Cristo

“Ora, nós sabemos que Deus não ouve a pecadores; mas, se alguém é temente a Deus, e faz a sua vontade, a esse ouve.”

O presente artigo aborda um tema que é grande incógnita há muito tempo, muitos desejam saber se realmente os pecadores são ouvidos por Deus.
Entendendo o versículo acima, vemos que Deus realmente não ouve aquele que está vivendo no pecado, porém dá ouvido aquele que faz a Sua vontade, ou seja, aquele que anda conforme os princípios bíblicos, caso cometa um erro, automaticamente sente a necessidade de pedir perdão, pois sabe que o pecado distancia da Sua presença.

Deus ama o ser humano incondicionalmente, e deseja que todos possam ter a vida Eterna ao Seu lado, a maior prova disso foi entregar Seu Filho amado para morrer em uma Cruz para que nossos erros fossem perdoados, “Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.”
De acordo com os ensinamentos que Jesus Cristo nos deixou ao caminhar na terra, onde Ele curou, quebrou os preconceitos, anulou os estereótipos e estigmas, operou maravilhas e prodígios, podemos entender que Deus ouve aquele que está com o coração sincero na sua presença. “Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração.” É uma promessa da real vontade do Pai para com os filhos, deseja que estes entendam que o único caminho que leva a Deus, é a pessoa de Jesus Cristo.
Não há dúvidas, Deus não faz acepção de pessoas, na Bíblia Sagrada afirma que as misericórdias Dele não têm fim, é o motivo de não sermos consumidos, Ele está disposto a perdoar as iniqüidades e fazer do pecador uma nova pessoa, tirá-lo da condição de criatura e colocá-lo na posição de filho, porém é preciso que ocorra um arrependimento, para que assim estabeleça uma verdadeira comunhão; pois muito se afastam dessa comunhão indo de encontro ao abismo na forma de homicida, idólatra, feiticeiro, ladrão, estuprador, espalhador de contenda entre irmãos, caluniador, blasfemo, hipócrita, devasso, adúltero, usuários de seus corpos em toda a forma de malignidade, dados ao álcool drogas e afins, amantes de si mesmos e de toda a concupiscência mundana e maligna, coração carregado de ódio rancor ira contenda inveja porfia usuras astúcias diabólicas; esses se fazem filhos do diabo e herdeiros do lago de fogo juntamente com satanás e seus anjos malignos.

O sol, a lua, as estrelas, o ar, os ventos, a chuva enfim a natureza em sua totalidade tudo isso que Deus criou Ele disponibilizou para todos para o bem comum da humanidade; bem como as tempestades, os terremotos, as catástrofes proveniente da natureza é passiva a todos seja bons ou maus; até a vida e a morte, a saúde e as doenças comungam de igual modo, mas o orar o falar com Deus e seu filho Jesus Cristo e ser ouvido entendido e atendido isso sim é privilégio apenas dos fiéis que buscam a Deus de todo o coração.

Sejamos fieis em tudo!
Att. Jaime

jaimesilva

Mensagens : 7
Data de inscrição : 28/06/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus ouve a quem está em pecado?

Mensagem  BadMix em Sex Jul 20, 2012 1:02 pm

Sou sincero, não consigo perceber o estigma com o que significa "pecado".
A bíblia é clara que o único que não pecou foi (é) Jesus, logo, por exclusão de partes, todos nós somos pecadores.

No meu entender há dois tipos de pecadores:
Os convertidos - Aqueles que compreendem a mensagem do Evangelho, que nada podemos fazer para ganhar a Salvação, mas que Jesus já fez tudo por nós
Os não convertidos - Aqueles que não conhecem o Evangelho, ou conhecem, mas de uma forma deturpada, e julgam que Deus espera de nós algum tipo de acção/obra para que possamos ser justificados.

Eu cada vez que leio o Sermão do monte (ou montanha, Mateus 5 e seguintes) não tenho qualquer dúvida disto mesmo que acabei de escrever:

Como? Eu não preciso de matar ninguém para ser réu de homicidio?
Como? Eu não preciso de praticar um acto sexual com uma mulher com quem não sou casado para ser réu de adultério?

Ah, espera lá, será que isto quer dizer que o pecado tem origem, raíz, no coração? e que pelo nosso coração somos julgados por Deus?
Ah, ok, então fica claro, eu sou pecador por natureza e escolha, e tenho justificação na obra já completa por Jesus.

Para mim é claro como água, mas há sempre quem tente desvirtuar o que está escrito pensando que está a inventar a roda.
Vejam as teses do Irmão Lutero que deram início à reforma protestante (da qual, relembro, todas as Igrejas protestantes, nossa incluída, são "filhas"), ou a teologia escrita de Calvino, ou então, sei lá, lermos o que um certo homem chamado Paulo (que por acaso escreveu meio Novo Testamento) disse: "Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal" 1 Timóteo 1:15

O sermos pecadores, e o continuarmos a pecar após conhecermos a Jesus não é coisa que me traga grandes dúvidas ou questões ou até preocupações, basta ler a bíblia sem as induzidas formatações de cariz Religioso para o perceber. Já a forma como respondemos a esse pecado...
aí sim está uma discussão que eu gostaria de ver acontecer por este fórum.

Decerto não estou a dar nenhuma novidade aos queridos membros deste fórum quando digo que muita gente por esse mundo fora que já desceu nas águas para se baptizar são tão Cristãs como um certo Apóstolo traidor de Jesus chamado Judas... e por aqui me fico.

Deus a todos abençoe,
Vitor

BadMix

Mensagens : 141
Data de inscrição : 03/02/2012
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus ouve a quem está em pecado?

Mensagem  Sergio Teixeira em Seg Jul 23, 2012 10:22 am

Veja irmão Vitor, que até mesmo a afirmação de que "Jesus não pecou" é um tanto difícil de ser sustentada como absoluta.
Por fé, somos convictos de que realmente Ele não pecou.
Mas, pelos pensamentos dos homens, Ele foi por diversas vezes acusado de pecados os mais diversos, segundo o entendimento particular de pessoas ou grupos.
Entre tais acusações pontuais figuram a "blasfêmia", a "sedição", um "namoro ilícito com Maria Madalena", e até mesmo o "desonrar a própria mãe"...
Portanto muitas vezes as opiniões pessoais se sobrepõem ao texto bíblico, e até mesmo à razão pura e simples.
O acusar e condenar, o matar, o derrubar, o odiar, fazem parte do homem natural e iníquo.
O perdoar, o não suspeitar mal, o amar, o dar vida, o levantar, fazem parte do homem espiritual - o verdadeiro cristão.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus ouve a quem está em pecado?

Mensagem  Valder em Ter Jul 24, 2012 12:02 am

Prezado irmão, perdoe-me por discordar de ti nas suas colocações. Gostaria que você, se puder, citasse onde a Bíblia diz que os convertidos, lavados no sangue do Cordeiro são ainda pecadores.

Segundo a Bíblia, os convertidos, batizados, são chamados de santos, ou filhos, filhinhos, salvos, etc, menos de pecadores. Somos santos sujeitos, eventualmente a pecar e não convertidos pecadores, como você se denominou.

Pecador é um adjetivo muito usado como substantivo para descrever a condição caída do homem.

Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores. Romanos 5:8

Porque, como pela desobediência de um só homem, muitos foram feitos pecadores, assim pela obediência de um muitos serão feitos justos.Romanos 5:19


Santos, geralmente no plural, designa os cristãos, chamados, lavados, regenerados, separados do mundo.

Saudai a todos os santos em Cristo Jesus. Filipenses 4:21

Santos são todos os que creem e não significa alguém de santidade excepcional. Junto com esta palavra temos: crentes, justos, irrepreensíveis e santificados. Junto com pecadores, temos incrédulos, injustos, abomináveis, imundos, ímpios e condenados sem Cristo. Se fomos feitos justos pela fé em Cristo, não somos mais considerados pecadores e se permanecermos na Graça de Deus, estamos fazendo parte dos santos. Mesmo que venhamos a pecar, este não terá domínio na nossa vida e não alterará a nossa condição de filhos de Deus.

Se após o batismo ainda continuarmos pecadores, significa que não houve mudança em nós, e que de nada adiantou o sacrifício de Jesus na cruz. Pecadores estão separados de Deus e suas orações não são ouvidas.

O cego disse uma grande verdade: Deus não ouve a oração do pecador. O pecador precisa se arrepender, se humilhar e buscar o perdão divino.

A Congregação Cristã, acertadamente ensina que não somos mais pecadores e apesar de não enfatizar o uso da palavra santos, ouvimos sempre nas pregações, que fomos feitos filhos de Deus.

Alguns dissidentes e irmãos que pretendem ser mestres, criticam esse ensino e pregam que somos todos pecadores, mesmo após aceitarmos Cristo e sermos feitos filhos de Deus. Isto é um absurdo em total desacordo com a Escritura e não se deve dar ouvido a este falso ensino e muito menos ensinar a outros.

Ja ia me esquecendo de comentar. Uma das frases muito citadas é exatamente esta que voce citou: Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal" 1 Timóteo 1:15

Mais adiante há a explicação para esta afirmação do apóstolo: ver 16 (...) para exemplo dos que haviam de crer nele para a vida eterna. . Paulo falava do seu estado anterior à conversão. Ao lermos o Novo testamento jamais iremos considerar Paulo o pior dos pecadores.

No mesmo capítulo de 1 Timóteo (1:12-13) lemos: E dou graças ao que me tem confortado, a Cristo Jesus Senhor nosso, porque me teve por fiel, pondo-me no ministério;
A mim, que dantes fui blasfemo, e perseguidor, e injurioso; mas alcancei misericórdia, porque o fiz ignorantemente, na incredulidade.

Paulo fala no passado ao descrever seu estado de pecador:" Eu fui...", ele não diz que ainda É, pois se ainda fosse, seria indigno de estar no ministério. Ele ainda frisa bem: porque o fiz na ignorância e na incredulidade.

Deus abençoe a todos.

Valder

Mensagens : 23
Data de inscrição : 03/08/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus ouve a quem está em pecado?

Mensagem  BadMix em Ter Jul 24, 2012 4:58 am

Caro Irmão Valder,
Toda a nossa discussão sobre este assunto assenta sobre uma definição:

O que é pecar/pecado?

Eu digo que sou pecador (e tenho a Jesus no meu coração como Deus, Senhor e Salvador) porque se dissesse que não peco jamais, estaria a pecar, porque mentir é pecado.

Uma grande maioria dos Cristãos considera pecar como o simples atentar contra os 10 mandamentos da Lei, logo, não cometendo homicídio, idolatria, roubo, etc, já livra todos de se considerarem pecadores.
No entanto Jesus, como eu já anteriormente mencionei, no Sermão do Monte (ou montanha, conforme as traduções) diz claramente que não é tanto o acto que nos classifica como pecadores mas a nossa intenção, o que está no centro do nosso coração, algo que só pode ser sondado por Deus.

Existem dois tipos de pecado, por comissão (fazemos o que não devemos) ou por omissão (não fazemos o que devemos). Depois de ter escrito isto, não há nada na sua vida onde o Irmão ache que fez algo que não devia, ou uma situação qualquer em que o Irmão podia ter feito algo para Glória de Deus, mas acabou por não fazer?

Se somos criados à imagem e semelhança de Deus e não conseguimos reflectir a todo o tempo a Sua Glória, então somos pecadores. Este é o meu entendimento, e tenho uma montanha de situações na minha vida, muitas delas bem presentes (últimas semanas/meses), em que eu fiz o que não devia ou não fiz o que devia. Isso faz de mim pecador, porque uma vez mais repito, não consegui reflectir nas minhas acções a excelente Glória de Deus.

Claro que o que me distingue dos demais pecadores, é que pela Graça de Deus (Graça-> favor imerecido) eu sei a quem recorrer para me livrar das minhas naturais imperfeiçoes, e a Ele recorro noite e dia em oração, buscando a regeneração pela Sua palavra, na acção do Espirito Santo, por forma a me santificar todos os dias da minha vida.

Eu acredito que o ensinamento que nós não pecamos depois de conhecer a Jesus só atinge dois fins:

A presunção ou o desespero.
Presunção - O Irmão que crê na sua própria perfeição acha-se superior aos demais porque já é livre do pecado
Desespero - O Irmão que não se consegue ver livre do pecado (consequência da Queda da humanidade, legado dos nossos originais antepassados Adão e Eva) e como tal desespera-se porque ouve dizer que não é suposto pecar depois de se conhecer a Graça de Jesus.


Eu gostaria que o Irmão classificasse a atitude de Pedro quando negou a Jesus por 3 vezes. Foi pecado?
E quando Pedro, após a ascensão de Jesus se começou a inclinar para os Judeus, separando-se dos "gentios" tendo sido por isso mesmo repreendido por Paulo? Foi pecado de Pedro?

A minha escolha de Pedro não foi inocente, todos sabemos que Pedro era primeiro entre iguais, considerado como o líder dos Apóstolos, autor de 2 livros da Bíblia que, inspirada por Deus, se constitui como nossa única autoridade, sob a qual TODOS devemos estar. Acho que aqui ninguém poderá questionar o Cristianismo de Pedro... certo?

Podemos dar o nome que quisermos ao pecado, mas eu acho que só conseguimos enfrentar um problema e combater esse mesmo problema se o reconhecermos como tal, e estar a dar outro nome às nossas naturais incapacidades apenas estamos a enganar a nós mesmos.

Este é o meu entendimento, que a ninguém imponho, porque nada sou aos caros Irmãos senão um estorvo.
Se nisto virem falta de entendimento (o mais certo), rogo as vossas orações a meu favor.

Deus a todos abençoe.
Vitor

BadMix

Mensagens : 141
Data de inscrição : 03/02/2012
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus ouve a quem está em pecado?

Mensagem  Sergio Teixeira em Ter Jul 24, 2012 2:59 pm

Apenas por uma questão de ajuste de posicionamento, venho apresentar o seguinte:

Todos nós somos de natureza pecadora e errante, herdeiros que somos do pecado original de Adão.
Esse pecado (ou "mácula") refere-se à desobediência em "servir-se do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal", e nada tem a ver com "sexualidade", conforme pretendem alguns.

No ato do santo batismo porém, todos os nossos pecados existentes até então foram perdoados pelo poder de Deus em nosso Salvador Jesus o Cristo.
Portanto não teríamos mais pecado algum, exceto os que cometêssemos posteriormente a isso.

Temos a considerar ainda que a partir desse ponto, existe o pecado de natureza involuntária, do qual imediatamente nos arrependemos e pedimos perdão a Deus (vide Paulo relatando que se via eventualmente fazendo coisas que não desejaria fazer), e também o pecado persistente, continuado, voluntário, proposital.
São duas coisas diferentes.
Do primeiro tomamos conhecimento com facilidade, mas do segundo o próprio adversário se incumbe de colocar barreiras em nosso entendimento para que não seja detectado, ou seja sempre atribuído a outrem.

Segundo a doutrina da Congregação, nossos "erros" após o batismo não serão mais "pecados", mas "faltas", e é dessa forma que devem ser referidos.
Portanto não temos mais pecados, e sim faltas eventuais.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

UM PONTO DE VISTA A RESPEITO DO ASSUNTO

Mensagem  Luiz Flavio N. Facci em Qua Jul 25, 2012 7:00 am

A Paz de DEUS seja em nossos corações e de nossas famílias.

O Irmão Sanderson criou o tópico: "DEUS ouve a quem está em pecado?"

Insisto no que já falei anteriormente (e perdoem-me por isso): DEUS é DEUS, faz o que quer, ouve a quem quer, perdoa a quem quer.
Não podemos nos colocar no lugar de DEUS e responder por ELE.

Mas, se eu tiver de dar uma arriscada opinião, essa opinião terá de ser sim, porque essa é uma resposta de Esperança e Misericórdia.
A resposta "não" seria uma mensagem de condenação, uma mensagem de morte.

Por isso, se eu tivesse de escolher versículos na Bíblia para justifica a minha resposta, procuraria aqueles que trouxessem a esperança de vida, nunca os que trazem a "certeza" da morte.

Ainda mais que podemos nos enganar redondamente com o uso de versículos soltos, como é o caso daquele (DEUS não ouve pecadores) citado pelo próprio Irmão Sanderson, criador do tópico, e que ficou esclarecido depois ser João 9:31.
Insisto (e me perdoem a arrogância): a Palavra de DEUS não diz, pelo menos nesse versículo, que DEUS não pecadores. A Palavra de DEUS diz que um homem qualquer disse isso.

Não sou bom escritor, por isso muito do que escrevo fica obscuro, por minha própria culpa.
Por isso vou tentar explicar melhor:

Se alguém, sentindo-se em pecado, e por isso em desespero, viesse até mim e me perguntasse: "DEUS ouve a minha oração?", a minha resposta seria:

"Eu não sou DEUS para me colocar no lugar DELE e te dizer que sim, ou que não.
Mas eu acho e tenho quase certeza de que sim.
Arrependa-se, humilhe-se e peça perdão a quem você ofendeu, se possível desfaça o mal que fez. Se não puder mais desfazer esse mal, minimize-o o quanto for possível, e não peque nunca mais. Clame a DEUS e você terá a resposta de DEUS em seu próprio coração."
E se eu soubesse, citaria passagens da Bíblia onde DEUS perdoou.

Acho que se a minha resposta fosse "não" haveria a possibilidade de eu matar espitirualmente esse alguém.


DEUS nos abençoe a todos.
Luiz Flavio.

Luiz Flavio N. Facci

Mensagens : 551
Data de inscrição : 12/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus ouve a quem está em pecado?

Mensagem  Sergio Teixeira em Qua Jul 25, 2012 8:31 am

Hoje em dia tenho bastante dificuldade em digerir palavras que sequer sugiram que Deus "não pode" isso ou que "não faz" aquilo - mesmo que tais palavras estejam inegavelmente contidas na Bíblia.
Deus, pelo que aprendemos e aceitamos de pleno coração, pode tudo, e age conforme a Sua vontade, a Sua misericórdia.

Acho que é muita pretensão de nossa parte "pretender colocar Deus em um microscópio" e estudá-lo de forma a saber o Seu pensamento.
Deus é o que é - o que para nós ainda é mistério - e devemos aceitá-lo e amá-lo assim, como Ele nos amou, sem pretender julgá-lO ou estabelecer-Lhe quaisquer limites.

Portanto, se Deus ouve a súplica do pecador, eu responderia primariamente que sim, que Ele ouve.
Mas se atende, depende unicamente de Seu arbítrio que é muito superior ao nosso.

Por isso me arrisco a contrariar todas as teses e até mesmo o que está escrito "oficialmente" a esse respeito, pois pela prática cristã e não pela teoria da religião tenho convicção absoluta de que para Deus não há nem pode haver qualquer limitação.

Que Deus nos abençoe a todos.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus ouve a quem está em pecado?

Mensagem  Valder em Qua Jul 25, 2012 6:58 pm

Irmão badMix

Peço que o irmão leia novamente meu post. Em nenhum momento disse que o crente não peca. Seria muito louco em afirmar isso, pois também peco. Não sou melhor do que nenhum irmão aqui e nem pretendo ser. Peço perdão se não fui muito claro, mas leia novamente meu post e veja, não disse nada para te levar a supor que eu me considero acima dos demais.

O ponto que discordo do irmão é referente a se autodenominar "PECADOR". Isso não é bíblico, não acha fundamento para isso. O irmão não achará em parte alguma os cristãos sendo chamados ou chamando a si mesmo de pecador. É sua opinião pessoal que confere com muitos irmãos que escrevem na internet, mas são totalmente equivocadas. Se puder argumente com base bíblica. O que voce e eu, ou outro irmão achamos não tem nenhum valor diante daquilo que as Escrituras dizem. Se não entendemos a Bíblia, confessemos isso, mas não podemos ensinar aquilo que não é verdade ou vai contra o que foi nos deixado. Pegar versos fora do contexto também não leva a nada.

Quero deixar claro mais uma vez.

Pecador e Santo são identidades.
O crente deve ter certeza da sua identidade ou seja, saber quem ele é.
Jeus morreu na cruz por nossos pecados, todos eles, nos lavou no Seu sangue, nascemos de novo no batismo.
Somos o povo santo, a nação eleita.

O que te leva, caro irmão a assumir a velha identidade de PECADOR?
Tenho certeza de que não bebeu esse ensino falso na Congregação, pois lá não aprede-se isso.

O crente deve ter certeza de quem ele é, pois caso contrário, vira uma presa fácil nas mãos do inimigo ou falsos teólogos que andam por ai.

Acredito que um irmão aqui que é psicólogo pode até explicar um efeito psicológico junto com o espiritual. Voce é aquilo que sua identidade diz que voce é.

Uma vez assumindo a identidade de pecador, isso reflete negativamente no seu espírito e todo o seu modo de viver. Os pecados deixam de ser vistos como trevas e destruição e passam a serem tolerados, afinal O resultado"sou um pecador mesmo, peco, peco, peco, vivo pecando, mas Deus já perdou tudo mesmo..." é um relaxamento moral, um afrouxamento na batalha espiritual que devemos travar contra o inimigo das nossas almas nos lugares celestiais.

Garanto pro irmão que essa doutrina de andar se chamando de pecador tem um propósito oculto, de acalmar a consciência do crente quando erra ou peca. Com isso, corre-se o perigo de atingir aquele ponto descrito em 2 Tim 4:3 Porque virá tempo em que não sofrerão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências;

Ao passo que, quando temos certeza da nossa identidade de santo de Deus (santo no sentido de separado do mundo) o nosso espírito tende pra tudo aquilo que reforça a santidade - sem a qual ninguém verá a Deus. O santo, ou justo, busca a santidade e assim, uma pequena falta já o deixa atemorizado e buscando não perder a comunhão com Deus. Vigiamos mais e nos concentramos mais naquilo que se refere a santidade (palavra banida da boca de muitos atualmente).

Prezado, todos nós estamos sujeitos a pecar, isto é fato, a Bíblia tem exemplos disso, como este que voce citou de Pedro. Mas mesmo quando cometemos algum pecado, este não predomina na nossa vida e não faz com que percamos a nossa identidade de filho de Deus.

Mais uma vez pra voce entender: a questão é de identidade. Afinal voce é um filho de Deus ou não é. Se é filho, voce faz parte dos santos, dos justos aperfeiçoados. Não quer dizer que não erre, caia em fraqueza, ou peque. Procure na Bíblia e não achará que Deus tenha filhos pecadores. Os pecadores Deus chama ao arrependimento e batismo.

Pense bem nisso, voce é um filho de Deus, tem seu nome escrito no Livro da Vida, não é mais um pecador, portanto, não se considere tal. leia mais a Bíblia e não de ouvidos a alguns irmãos conhecidos por sua oposição à CCB, pois um deles, foi o principal divulgador desta doutrina de que somos "pecadores" e de que ninguém é fiel. Não saia por ai divulgando esse falso ensino, pois não sabe o mal que poderá causar na vida de alguém.

Deus te abençoe ricamente e perdoe esse fraco servo.









Valder

Mensagens : 23
Data de inscrição : 03/08/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus ouve a quem está em pecado?

Mensagem  BadMix em Qui Jul 26, 2012 6:03 am

Caro irmão Valder, a Paz de Deus.
Agradeço as suas palavras de conforto e de edificação que o querido escreveu com todo o cuidado, que Deus o abençoe por isso.

Permita-me no entanto escrever a minha resposta, que espero que o caro leia conforme a vou escrever: na Paz e no espírito de união:

A minha autoridade é a Bíblia, não a palavra que sai da boca de seja qual for Servo de Deus, nosso ministro, ou de qualquer outra Igreja.
2 Timóteo 3:16-17
"Toda a Escritura, divinamente inspirada, é proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça; Para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra."
Repito, ESTA é a minha autoridade: A palavra escrita.

A tradução da minha bíblia é João Ferreira de Ameida, edição Revista e Corrigida
Na minha bíblia está escrito o termo pecado 299 vezes
Na minha bíblia está escrito o termo falha 2 vezes (nenhuma delas relativa a "pecado")
1 Coríntios 13:8 "A caridade nunca falha, mas, havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá"
Jo 21:10 "O seu touro gera e não falha, pare a sua vaca e não aborta."

O caro irmão pode argumentar semãntica comigo o dia todo, e tenho a certeza que 99% das vezes irá argumentar bem e ganhar qualquer argumento comigo, mas me perdoe a frontalidade, não neste caso.

Pecado é pecado, falha é falha.
Repito, nós pecamos mesmo depois de conhecer a Jesus e O aceitarmos como Rei e Senhor e Deus sobre tudo o resto.

O irmão pode argumentar comigo sobre qual a resposta certa ao pecado, e aí certamente encontraremos um ponto de concórdia:
Para sermos curados, temos de perceber que estamos/somos doentes. Ao contrário, se acharmos que o que temos é um resfriado (espero que este termo faça sentido aos irmãos no Brasil) certamente "deixamos andar" à espera que esse resfriado acabe por passar.

O irmão pediu (e bem) citações Bíblicas, aqui está:
Romanos 7:13-25
"Logo, tornou-se-me o bom em morte? De modo nenhum; mas o pecado, para que se mostrasse pecado, operou em mim a morte, pelo bem, a fim de que, pelo mandamento, o pecado se fizesse excessivamente maligno. 14 Porque bem sabemos que a lei é espiritual; mas eu sou carnal, vendido sob o pecado. 15 Porque o que faço, não o aprovo; pois, o que quero, isso não faço, mas o que aborreço, isso faço. 16 E, se faço o que não quero, consinto com a lei, que é boa. 17 De maneira que, agora, já não sou eu que faço isto, mas o pecado que habita em mim. 18 Porque eu sei que, em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e, com efeito, o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem. 19 Porque não faço o bem que quero, mas, o mal que não quero, esse faço. 20 Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim. 21 Acho, então, esta lei em mim: que, quando quero fazer o bem, o mal está comigo. 22 Porque segundo o homem interior, tenho prazer na lei de Deus; 23 Mas vejo nos meus membros outra lei, que batalha contra a lei do meu entendimento, e me prende debaixo da lei do pecado, que está nos meus membros. 24 Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte? 25 Dou graças a Deus, por Jesus Cristo, nosso Senhor. Assim que, eu mesmo, com o entendimento, sirvo à lei de Deus, mas, com a carne, à lei do pecado."

É Paulo quem escreve isto, e ele fala do pecado no presente, não no passado. O irmão não acha interessante estas palavras virem após o capitulo 6, desta mesma carta, em esse mesmo autor exorta sobre "A graça não nos deixa permanecer no pecado, antes nos livra do poder do pecado"?

E já agora fica algo para o irmão meditar:
Porque acha que a maioria das Igrejas de raíz protestante ensina que as pessoas são pecadores por Natureza e escolha, e que continuam a pecar após conhecer a Jesus? Se preferir, pergunto ao contrário. Porque motivo a Congregação Cristã, que "bebe" os seus ensinamentos da mesma fonte que todas as outras Igrejas cristãs tem o ensinamento da falha, ao invés do pecado?

Eu defendo para mim uma posição de, a ter de fazer alguma diferença, que essa diferença seja para melhorar, e não para criar estorvo. Neste caso em particular, reservo para mim, à luz da palavra, o direito de criticar -e não aceitar- esta teologia da "falha" ainda que a mesma seja posição oficial da Igreja onde Deus me chamou para si e a qual amo.

Deus a todos abençoe,
Vitor




BadMix

Mensagens : 141
Data de inscrição : 03/02/2012
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus ouve a quem está em pecado?

Mensagem  Sergio Teixeira em Qui Jul 26, 2012 9:44 am

Amados, temos aqui um grave problema de "tradução genérica", onde não mais se diferenciam os contextos.

O conceito de "pecado" (em latim "labe") tem a conotação de "mancha", "mácula", "falha", "imperfeição".
Mas também esse conceito foi estendido para "transgressão" ("peccatus"), onde "labe" pode também ser traduzido como "mancha do pecado".

Ao obedecermos ao "batismo do arrependimento" tanto nossos pecados, quanto as manchas, as máculas, as falhas e as transgressões cometidas até então são totalmente perdoadas.
Se eventualmente errarmos daí em diante, teremos cometido "faltas" ("labi"), das quais pediremos o necessário perdão ao Deus Pai, que é misericordioso.

"Faltas eventuais" cometidas pelos servos do Deus Altíssimo não são mais "pecados" ("peccati") embora se assemelhem a esses.
Ou seja, prevalecerá o conceito de "labe" e não mais de "peccatus", pois esses termos não são sinônimos perfeitos.

O que não podemos entretanto, é incidir com frequência naquelas atitudes das quais já obtivemos o perdão, pois essa incidência traria de volta o pecado sobre nós, e seu respectivo galardão.

Viver em situação de pecado após o santo batismo é pior do que nosso primeiro estado, onde podíamos alegar alguma inocência.
Já hoje, debaixo do Sangue do Concerto Eterno, não existe justificativa alguma para um viver pautado por continuadas transgressões aos estatutos de Deus e aos santos ensinamentos do Cristo.

Entenda-se portanto como mácula ou falta ("labe") a falta ou o pecado eventual, não-espontâneo;
E como pecado ("peccatus") aquela ação que ocorre com frequência, continuadamente, propositadamente, conscientemente.
Notemos que embora o ato de transgressão em si possa ser semelhante (mentir, por exemplo), o contexto fica sendo diferente pela eficácia do santo batismo em cada um de nós.

A questão pois se resume em se cremos ou não - individualmente - em tal eficácia, pois se não crermos então o santo batismo terá perdido em nós a sua santidade, o seu propósito e consequentemente a sua eficácia, passando a ser um ato inútil para nós.
E todas as palavras que nos levaram a buscar e aceitar o santo batismo nesse caso teriam sido em vão.
Ou seja, se não crermos que através do santo batismo fomos realmente perdoados e que continuamos a viver ainda debaixo do estigma do pecado, então os ensinamentos do Cristo terão sido irremediavelmente perdidos para nós.

Não permitamos que nosso inimigo comum "faça sua festas" em nosso coração através de nossa intelectualidade e de nossa literalidade.
Nem permitamos que simples defeitos de tradução venham fazer-nos descrer nas Escrituras e na Palavra inspirada por Deus.

Eu definiria assim:

Que, sendo humanos e carnais, somos de natureza sujeita ao pecado, o qual herdamos da desobediência de Adão, sendo assim consequentemente pecadores.
Pelo evangelho do Senhor Jesus, que nos apontou o santo batismo, aceitamos a proposta de nos tornarmos seres espirituais e dedicados a servir e agradar a Deus.
Que, pelo santo batismo, fomos definitivamente perdoados daquela situação de pecado original e de todos os pecados cometidos até então, não restando mais nenhuma acusação sobre nós, limpos e lavados que fomos do estigma, da forma e das consequências do pecado e das faltas que imperavam sobre nós.
Já agora, lavados, livres e libertos do pecado, não mais vivemos sob ele ou sob sua influência, e portanto não somos mais pecadores.
Porém, nossa natureza humana pode nos conduzir a situações onde pratiquemos involuntariamente coisas das quais naturalmente nos arrependemos por percebermos que não são do agrado de Deus.
Então esses atos são faltas e não mais pecados.

Existe porém uma outra situação onde alguém se deixa conduzir novamente pelas trilhas da desobediência e volta voluntária e prazeirosamente aos caminhos do pecado.
De tais pessoas se diz comumente que "pisaram no Sangue do Concerto": Viverão novamente em pecado porquanto o buscaram por seus próprios meios, por sua própria iniciativa.
Esses serão realmente pecadores, com todas as letras.
Isso porém é uma total exceção à regra, e não se deve tomar a regra pelas exceções.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus ouve a quem está em pecado?

Mensagem  BadMix em Qui Jul 26, 2012 11:26 am

Vou respeitosamente discordar com o que o caro Irmão Sérgio escreveu.

[Desabafo]
Espero cá andar muitos anos, e que Deus assim o permita, e nunca irei perceber este estigma com a palavra pecado na CC, se me permitirem a brincadeira, apenas comparável ao estigma da Cruz.
[/Desabafo]

Como tenho muito a aprender e nada a ensinar, vou colocar novamente a viola no saco e mergulhar nas escrituras pedido a Deus pelo Consolador que as inspirou, para que se faça Luz na minha alma e entendimento sobre o que está escrito.

Deus a todos abençoe.
Vitor

BadMix

Mensagens : 141
Data de inscrição : 03/02/2012
Localização : Portugal

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus ouve a quem está em pecado?

Mensagem  Luiz Flavio N. Facci em Qui Jul 26, 2012 12:27 pm

Romanos 7:13-25
"Logo, tornou-se-me o bom em morte? De modo nenhum; mas o pecado, para que se mostrasse pecado, operou em mim a morte, pelo bem, a fim de que, pelo mandamento, o pecado se fizesse excessivamente maligno. 14 Porque bem sabemos que a lei é espiritual; mas eu sou carnal, vendido sob o pecado. 15 Porque o que faço, não o aprovo; pois, o que quero, isso não faço, mas o que aborreço, isso faço. 16 E, se faço o que não quero, consinto com a lei, que é boa. 17 De maneira que, agora, já não sou eu que faço isto, mas o pecado que habita em mim. 18 Porque eu sei que, em mim, isto é, na minha carne, não habita bem algum; e, com efeito, o querer está em mim, mas não consigo realizar o bem. 19 Porque não faço o bem que quero, mas, o mal que não quero, esse faço. 20 Ora, se eu faço o que não quero, já o não faço eu, mas o pecado que habita em mim. 21 Acho, então, esta lei em mim: que, quando quero fazer o bem, o mal está comigo. 22 Porque segundo o homem interior, tenho prazer na lei de Deus; 23 Mas vejo nos meus membros outra lei, que batalha contra a lei do meu entendimento, e me prende debaixo da lei do pecado, que está nos meus membros. 24 Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte? 25 Dou graças a Deus, por Jesus Cristo, nosso Senhor. Assim que, eu mesmo, com o entendimento, sirvo à lei de Deus, mas, com a carne, à lei do pecado."

A Paz de DEUS seja em nossos corações.
Sou muito ruim de entender a Bíblia. Vivo na Graça mais por misericórdia de DEUS do que por entendimento.
Mas, por "atrevimento" vou ousar falar o que penso do versículo acima, e como o interpreto (DEUS me perdoe).

O que eu escrever abaixo em vermelho, é uma interpretação minha que eu mesmo acho muito pessoal, muito forçada, e até mesmo um tanto quando idiota. Pura invenção da minha cabeça, para mim mesmo.
A parte escrita em preto, normal, pode ter algum sentido. Mas não garanto nada.

Paulo quis ensinar-nos alguma coisa mas não quis fazê-lo em tom de ensinamento, como se a mensagem fosse apenas para os outros, já que se tratava de pecado.
Se ele fosse falar para "tu, vós", poderia dar a impressão de que ele estava se colocando fora do alcance da mensagem, como se para ele não houvesse a necessidade. Resumindo: como se só os outros tivessem a parte carnal, e ele não.
Por isso, ele levou a mensagem como se fosse ele.


2. Pelo que entendi, nós temos duas partes: a espiritual, que quer fazer o bem, e a parte carnal, que , pelo pecado que existe nela, impede (ou quer impedir) de fazer esse bem.
Também em outra conotação: a parte espiritual não quer fazer o mal, mas o pecado que habita em nossa carne provoca que façamos esse mal.

Segundo penso, em nossa parte espiritual nós não somos pecadores (somos lavados, remidos, perdoados, pela misericórdia do sangue do Nosso SENHOR), mas muitas vezes o mal é feito, não por nós espirituais, mas pelo pecado que habita em nossa carne.
Esse mal que fazemos, não o fazemos nós espirituais, mas sim o pecado que habita em nós, isto é, em nossa carne.
E o bem que não fazemos, não deixa de ser feito por causa de nós espirituais, mas sim por impedimento que o pecado de nossa carne provoca.


Concluo, então, dizendo que penso que não somos pecadores.
Embora não sendo pecadores, o pecado que habita em nossa carne faz com que pequemos.

Só para registro: achei muito boa a mensagem de ontem do Irmão Valder.
Para mim, digo que muito correta. Para os demais Irmãos, digo que pelo menos a analisem cuidadosamente.
....................................................................................................................................
Também para mim, a autoridade é a Bíblia.
Tudo o que estiver contra a Bíblia para mim está errado.
Mas há coisas que são ditas pelos Irmãos, não ditas na Bíblia (isso é diferente de estar contra a Bíblia) e que me edificam, me ensinam e me orientam muito.
Por isso sempre as analiso bem e cuidadosamente. E tenho aprendido demais com os Irmãos.
Mesmo que eu pense de um modo diferente, sempre vejo cuidadosamente o que foi dito pelos Irmãos.
E sempre estou disposto a mudar o meu ponto de vista, se assim achar por bem. (e não acho que com isso seja um fraco, um maria-vai-com-as-outras).

Minha autoridade é a Bíblia, mas eu posso estar errado no entendimento de alguma passagem. Por isso analiso o que os Irmãos falam.

DEUS nos abençoe.
Luiz Flavio.

Luiz Flavio N. Facci

Mensagens : 551
Data de inscrição : 12/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus ouve a quem está em pecado?

Mensagem  Sergio Teixeira em Qui Jul 26, 2012 3:14 pm

O irmão Luis Flavio parece haver encontrado o "caminho das pedras" neste assunto.
Tudo é uma questão de terminologia.
Vivemos sob a constante influência do pecado, mas se somos lavados no Sangue do Concerto não temos como "ser" pecadores, apenas como "cometer" erros, faltas ou transgressões que se assemelham ao pecado.
Dei o exemplo de "mentir": Se mentimos no mundo é porque somos pecadores. Uma vez arrependidos de nossos pecados e tendo sido rasgada a cédula de condenação que havia sobre nós, estes não mais reinarão sobre nós.
Contudo, nossa luta do dia a dia consiste exatamente em nos esquivarmos do erro e da desobediência, o que não é coisa fácil. Por essa razão nos envolvemos em questões onde o pecado está a nos influenciar durante as 24 horas do dia, e onde eventualmente nos distraímos e caímos em alguma falta.
Digamos então que tal falta ou fraqueza se manifeste através de uma mentira, que é considerada como pecado.
Porém já fomos perdoados quanto ao pecado da mentira, e pela eficácia do santo batismo, não somos mais "pecadores" (seremos qualquer outra coisa, menos isso).
O pecado da mentira portanto nos rondou, nos influenciou e efetivamente nos fez cair em desobediência porquanto mentimos.
Mas, sendo o pecado detectado por nós sob a guia do Espírito Santo, temos a oportunidade de nos arrepender com sinceridade (da mesma forma como o fazia Paulo, ou como muito antes fazia David) e pedir perdão a Deus, e ainda mudando de atitude para que não venhamos a incorrer no mesmo erro.
Nesse caso, aquilo que se assemelha ao pecado e que é cometido meramente por descuido não sofre o mesmo julgamento de uma transgressão cometida propositadamente.
Por isso a Congregação entende que temos faltas e não mais pecados, com o que concordo plenamente.





avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Deus ouve a quem está em pecado?

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum