O perigo da palavra que volta "vazia"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O perigo da palavra que volta "vazia"

Mensagem  ┼Khristos em Dom Dez 18, 2011 12:45 pm



A alma deseja um refeição fina, algo que satisfaça, nutritiva, que não prejudique a saúde espiritual.

Depois de tantas rebeldias, Deus na sua imensa misericórdia, declarou ao povo de Israel:

"Dêem ouvidos e venham a mim; ouçam-me, para que sua alma viva. Farei uma aliança eterna com vocês, minha fidelidade prometida a Davi." Isaías 55-3

Entretanto, não se iludam, nem tudo o que comemos é nutritivo, estamos encontrando muita comida prejudicial, que na verdade, está comprometendo a saúde da alma.

" Busquem o Senhor enquanto se pode achá-lo; clamem por ele enquanto está perto. Que o ímpio abandone seu caminho, e o homem mau, os seus pensamentos. Volte-se ele para o Senhor, que terá misericórdia dele; volte-se para o nosso Deus, pois ele perdoará de bom grado.Pois os meus pensamentos não são os pensamentos de vocês, nem os seus caminhos são os meus caminhos", declara o Senhor. " Isaías 55-6 a 8

Nem sempre encontramos o Senhor no púlpito, você pode não acreditar, mas, em determinados momentos ele está sentado a seu lado. Você pode achar complicada a conversão de um ímpio, que ele possa abandonar um caminho tortuoso, e que até o homem mau, possa deixar seus projetos para se voltar ao Senhor, mas, o nosso pensamento não alcança o pensamento de Deus, e nem sempre os nosso caminhos, tem o mesmo destino que o caminho do Senhor.

E diante do que disse Isaías, chegamos a uma preocupante conclusão: O homem adora projetar conversões, a grande contradição, é que nem sempre ele termina esse projeto...falta misericórdia.

A palavra de Deus nunca voltou vazia.

"Assim como a chuva e a neve descem dos céus e não voltam para ele sem regarem a terra e fazerem-na brotar e florescer, para ela produzir semente para o semeador e pão para o que come, assim também ocorre com a palavra que sai da minha boca: Ela não voltará para mim vazia, mas fará o que desejo e atingirá o propósito para o qual a enviei. " Isaías 55-10 e 11

A palavra do homem que não atinge o propósito de Deus, não pode ser considerada palavra de Deus.

Não é possível que ano após ano, subindo ao templo religioso, escutando a palavra, ela não se cumpre em nossa vida em determinado momento.

O equívoco está na súplica ou na explanação?

Como pode Deus conceder algo, se também o homem não sabe pedir?

O problema é o cooperador sem o dom?

O ancião sem a unção?

Ou o membro sem noção? Que pode ser qualquer um de nós, ministeriáveis ou não.

Disse ainda Deus ao povo sobre a sua palavra:

"Vocês sairão em júbilo e serão conduzidos em paz; os montes e colinas irromperão em canto diante de vocês, e todas as árvores do campo baterão palmas. No lugar do espinheiro crescerá o pinheiro, e em vez de roseiras bravas crescerá a murta. Isso resultará em renome para o Senhor, para sinal eterno, que não será destruído. " Isaías 55- 12 e 13

Deus se mantém fiel aos seus propósitos.

A palavra da vida impede a destruição de toda uma congregação.

A palavra de um profeta verdadeiro, resulta na boa fama do nome de Deus, pois, fala conforme a vontade de Deus.

Talvez, seja por isso que Jesus aconselhou:

" O meu ensino não é de mim mesmo. Vem daquele que me enviou. Se alguém decidir fazer a vontade de Deus, descobrirá se o meu ensino vem de Deus ou se falo por mim mesmo. Aquele que fala por si mesmo busca a sua própria glória, mas aquele que busca a glória de quem o enviou, este é verdadeiro; não há nada de falso a seu respeito. " João 7-16 a 18

Eldier


Última edição por ┼Khristos em Seg Dez 19, 2011 2:19 pm, editado 1 vez(es)
avatar
┼Khristos

Mensagens : 45
Data de inscrição : 12/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O perigo da palavra que volta "vazia"

Mensagem  Sergio Teixeira em Seg Dez 19, 2011 1:57 am

A Palavra supostamente "volta vazia" simplesmente porque não a valorizamos, porque simplesmente não exercitamos a Fé e a Perseverança.
Muitas vezes o alimento que vem dos céus para a nossa alma produz em nós enfado ao invés de júbilo.
Nós temos sistematicamente desprezado as bênçãos que vêm dos céus da mesma forma como o povo deprezou o maná (Números 11.6).
E em nossa grosseira falta de entendimento, nós os temos criticado sem perceber que estamos agindo rigorosamente da mesma forma.

Que Deus nos abençoe a todos, e que abra nossos olhos espirituais para a Verdade que liberta.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O perigo da palavra que volta "vazia"

Mensagem  ┼Khristos em Seg Dez 19, 2011 2:33 pm

Ir. Sérgio,

Talvez o enfado não se torne em júbilo, diante da operação da carne.

Talvez se torne em júbilo, diante de uma falsa emoção, de uma idolatria nociva a determinada pessoa.

Talvez se torne verdadeiramente júbilo, quando realmente existi a unção de Deus.

São inúmeras variantes.

Muitos procuravam Jesus naquela época, ao que ele respondeu para alguns:

" A verdade é que vocês estão me procurando, não porque viram os sinais miraculosos, mas porque comeram os pães e ficaram satisfeitos. Não trabalhem pela comida que se estraga, mas pela comida que permanece para a vida eterna, a qual o Filho do homem lhes dará. Deus, o Pai, nele colocou o seu selo de aprovação." João 6:27

Certamente quem comeu o maná, já passou dessa para outra, sem ao menos reconhecer o poder de Deus.

" Eu sou o pão da vida. Os seus antepassados comeram o maná no deserto, mas morreram. Todavia, aqui está o pão que desce do céu, para que não morra quem dele comer. Eu sou o pão vivo que desceu do céu. Se alguém comer deste pão, viverá para sempre. Este pão é a minha carne, que eu darei pela vida do mundo." João 6: 48 a 51

Palavra de homem é palavra de homem, palavra de Deus é palavra de Deus, qualquer confusão diante disso, é uma enorme perda de tempo.

Que Deus nos livre...

Graça e paz.
avatar
┼Khristos

Mensagens : 45
Data de inscrição : 12/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O perigo da palavra que volta "vazia"

Mensagem  Sergio Teixeira em Seg Dez 19, 2011 4:39 pm

Na prática comprovamos que os mesmos que rejeitaram anteriormente o maná foram igualmente capazes de desprezar o pão vivo.
Embora não rigorosamente as mesmas "pessoas", porém os da mesma "linhagem", dentro do assim chamado "povo de Deus".

Mas entendo o que o irmão quer dizer, pois somos recebedores mas também dispensadores da Palavra de Deus, que quando não está guiada pelo verdadeiro Espírito, se torna em "maná apodrecido", que não mais alimenta.
Então todos precisamos ter cuidado com o "maná" que a Palavra representa, para que não se torne insípido e artificial.

Que Deus nos abençoe a todos.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

A PALAVRA DE DEUS NÃO VOLTA VAZIA NUNCA.

Mensagem  Luiz Flavio N. Facci em Qua Dez 21, 2011 3:16 pm

A
Paz de DEUS esteja em nossos corações.

A Palavra de DEUS nunca volta vazia.

Alguém pode voltar vazio após ouvir a Palavra, mas a Palavra em si não volta
vazia.

A Palavra de DEUS tem por finalidade principal nos dar entendimento e forças
para continuarmos servindo ao nosso DEUS, por JESUS CRISTO nosso
Salvador. Assim, servindo a DEUS, teremos por misericórdia de DEUS, uma
herança no céu.
Para isso, a Palavra nos edifica, nos exorta e nos consola.

Pode acontecer de algum Irmão (estou incluído) desejar de uma resposta "sim" (poderia ser "não") e a resposta não vem conforme o que o Irmão (ou eu) esperava, sai o Irmão (ou eu) falando que a Palavra voltou vazia.
Muitas vezes, portanto, não vamos buscar a Palavra do DEUS TODO-PODEROSO, mas sim a palavra do nosso servo todo-poderoso.

Outras vezes, um Irmão (estou incluído) por distração ou por rebeldia não ouve a Palavra que o nosso DEUS mandou e lá saímos nós dizendo que a Palavra voltou vazia.

Sabe, Irmãos, não estou querendo ensinar ninguém, muito menos bancar o bonzão.
Mas acho que (achismo meu), para mim, eu considero como vinda dos céus, inspirada por DEUS, toda Palavra que é pregada no púlpito.
Quando DEUS não responde à minha dúvida, ao motivo por que busquei a Palavra, tenho certeza absoluta de que outro ou outros (talvez muitos, talvez todos) foram de algum modo edificados, consolados, exortados.
Então, nunca eu digo e nem penso que a Palavra voltou vazia.

Por exemplo: vou buscar a Palavra sobre se devo me mudar de região. DEUS não respondeu.
Se eu voltar vazio, é porque egoisticamente não estou me lembrando dos outros que voltaram alimentados.

Se eu voltar vazio, é porque o meu DEUS TODO-PODEROSO é encarado por mim como um servo Todo-Poderoso, que tem de estar a minha disposição a qualquer dia e a qualquer hora, para me responder, e o pior: para me responder conforme o meu desejo.

Se eu voltar vazio, é porque só me interessei pela resposta que eu esperava. As demais coisas, tão excelentes, o espírito de distração e de rebeldia filtraram. Por exemplo: Quando DEUS falou, ensinando-me ou lembrando-me que não posso falar mal dos Irmãos, ou que devo ser honesto no meu trabalho, ou que devo tratar bem a minha esposa e a minha família.
Então, não é que a Palavra seja vazia. Eu, sim, é que sou surdo.
Surdo ... rebelde ... distraído.

Vou contar um testemunho pessoal, completamente verdadeiro. Sei que é verdadeiro porque é pessoal, aconteceu comigo. Ninguém me contou. Só que vou resumir.
E as palavras podem não ser exatissimamente as que vou usar, mas são muito aproximadas. A essência do que vai ser escrito é totalmente verdadeira.

Há muitos anos, mais de 20 ou 25, sei lá, peguei uma enfermidade muito grave. Uma enfermidade do tipo "sensação de ausência". Ia caminhando normal, do modo mais normal possível, quando de repente tinha a sensação de que eu estava saindo de mim.
Feitos alguns exames, a conclusão de 3 ou 4 médicos era de que eu estava sob tremendo estresse.
- "Se o que te está fazendo assim é a família, a mulher, rapaz, separe-se. Se você ficar na mesma situação, você vai morrer."
- "Você está como um violino (ou violão, sei lá) com as cordas esticadíssimas. A qualquer momento, elas se romperão, e você morre."
- "Você está com exames muito bons debaixo do braço, aí você sai daqui do consultório, chega na parada de ônibus, tem um ataque e morre."

E eu fiquei meses nessa situação.
Um dia, no almoço, tive uma baita de uma discussão com a minha esposa, dei-lhe uma braçada (é verdade que primeiro ela me deu uma)
e ela caiu no chão. Que vergonha dos filhos, meu DEUS.

À noite fui congregar com a maior cara de santo.
Eu
esperava talvez, que DEUS falasse comigo, dizendo que a minha atitude
tinha sido correta, que o crente não pode ser bobo, que não podia
permitir que a esoosa tomasse autoridade sobre mim, muito menos com tentativa de agressão, etc.

E o TODO PODEROSO DEUS mandou a sua Palavra: "Irmão, você veio aqui buscar a Palavra de cura da sua enfermidade. Mas o SENHOR te diz que hoje não é o dia da cura do teu corpo. Você tem tomado atitudes que não são permitidas a um Servo de DEUS. Hoje é dia da cura da tua alma. Muda tuas atitudes, Irmão, te diz o SENHOR."
Saí "com o rabo entre as pernas".

Um culto ou dois depois, DEUS mandou Sua Palavra: "Irmão, o SENHOR te falou antes que não ia curar o teu corpo, para que a tua alma fosse curada. Hoje o SENHOR te diz: ´Por esta Palavra, a enfermidade saiu do teu corpo."
Eu só senti uma coisa esquisita, e nunca mais essa enfermidade se manifestou.

A Palavra não voltou vazia (e não volta nunca!).
Eu não voltei vazio.
Porque, por misericórdia de DEUS não me distraí nem me rebelei contra a Palavra de DEUS.

Irmãos, me perdoem por falar demais.

DEUS nos abençoe.
Luiz Flavio.

Luiz Flavio N. Facci

Mensagens : 551
Data de inscrição : 12/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O perigo da palavra que volta "vazia"

Mensagem  ┼Khristos em Qua Dez 21, 2011 6:46 pm

Caros irmãos,

A palavra nem sempre volta vazia, as vezes, ela nem mesmo se apresenta.

Quem poderá dizer o que disse Davi:

"O Espírito do SENHOR falou por mim, e a sua palavra está na minha boca. " 2 Samuel 23:2

Certamente que está escrito:

" Não extingais o Espírito. Não desprezeis as profecias. Examinai tudo. Retende o bem. Abstende-vos de toda a aparência do mal. " 1 Tess. 5:19 a 22

Na falta da unidade o Espírito se torna extinto.

Devo desprezar os atuais jargões denominacionais, examinando se a palavra está "cheia" ou "vazia".

Isso de fato é reter o bem, para poder se abster do mal que tem aparência inocente, inclusive, na fala que vem do púlpito.

A verdadeira liturgia apostólica permitia que tudo fosse julgado, isso se realmente houvesse um profeta na comunidade.


avatar
┼Khristos

Mensagens : 45
Data de inscrição : 12/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O perigo da palavra que volta "vazia"

Mensagem  Admin em Qua Dez 21, 2011 9:34 pm




Irmãos




Segundo nossa particular concepção, a dispensação diária ou períódica da Palavra constitui o âmago de todo Serviço Sacro.


Calvino já conceituava a original liturgia cristã como estando restrita a "quatro paredes e um sermão". Todo aparato extra reveste-se de uma conotação meramente assessória, quando contraposto à Palavra. Desde os Dias Apostólicos as convocações regulares tem por precípua finalidade a leitura e explanação da Palavra.


Temos em suas espirituais sentenças e apontamentos nosso régio parâmetro e infalível diretriz. A Palavra nos orienta, a Palavra nos nutre, a Palavra elucida a nossos enígmas.


Pelo Verbo todas as coisas foram criadas... E tamanho é o apreço de "IHVH" pelo seu Verbo, que o tem exaltado acima de tudo quanto há (Salmos, 138:2).


Cremos na atualidade e infalibilidade da Palavra enquanto oráculo, e por essa mesma razão a afirmativa segundo a qual "... as vezes, ela nem mesmo se apresenta" soa-nos como herética e sacrílega.


O presente tópico avilta nossa Fé e afronta ao divino decreto:


"Assim será a minha Palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei."
Isaías 55:11




Gratos,

A Administração.

Admin
Admin

Mensagens : 113
Data de inscrição : 11/05/2011
Localização : Minas Gerais

Ver perfil do usuário http://ccbsemcensuras.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O perigo da palavra que volta "vazia"

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum