INTRODUÇÃO À ANGELOLOGIA (PARTE 4)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

INTRODUÇÃO À ANGELOLOGIA (PARTE 4)

Mensagem  Sergio Teixeira em Qua Dez 07, 2011 12:32 pm

Para cobrir os 360 graus do Zodíaco (olha a Astrologia aqui, gente!!!), temos esses 72 anjos (ou "gênios"), e que cobrem igualmente 360 dias do ano, isto é, cada anjo tem sob sua incumbência 5 dias no calendário.
A cada grau do zodíaco, e a cada dia do ano, há um anjo ou gênio determinado para regê-lo.
Entretanto, nosso ano solar tem 365 dias. Desta forma, ficariam "faltando" anjos regentes para esses dias excedentes.
(No Reino de Deus, nada sobraria, nada faltaria, não é mesmo?).
Para suprir essa "lacuna" a Angelologia afirma que existem os assim-chamados "Gênios da Humanidade", sobre os quais comentaremos mais adiante.

O ANJO GUARDIÃO, OU ANJO DA GUARDA:

Independentemente de nossa crença religiosa terrena, e independentemente de nossa própria vontade ou arbítrio, todos nós temos pelo menos um anjo previamente designado para nos acompanhar durante toda a nossa existência.

Ele é como se fosse "o nosso próprio deus" a nos acompanhar permanentemente.
Calma, calma! A comparação mais aproximada seria talvez a de que um anjo é como um "oficial de justiça" de Deus.
Anjos são muito importantes em nossa vida, porém não são deuses!
Muitos incorrem no erro de pretender idolatrar ou adorar ao anjo-guardião.

Não se deve pois prestar adoração ao anjo, mas sempre ao Deus-Criador.

É necessário que este ponto fique sempre bem claro em nosso pensamento e em nossas atitudes.

Muitos esoteristas associam o anjo guardião a uma determinada cor de vela.
Não estão de todo errados em fazê-lo, porém é necessário cuidado para não entendermos as coisas de forma inadequada.
Vamos derrubar parte desse conceito em nós (os demais que pensem diferente, pois têm esse direito) mas o que interessa na magia de "acender uma vela" é especificamente o "gimmick", isto é, a ação desencadeada por uma atitude mental positiva (ou negativa).

Portanto, a cor do corpo da vela em nada altera a ação, exceto se a potencializarmos mentalmente nesse sentido específico.(Obs.01)
Se acendermos velas brancas ou não, e até mesmo se não as acendermos, a chama resultante será sempre da mesma cor, exceto se a modificarmos com o poder (melhor dizendo, com as prerrogativas) de nossa mente.

Na comunicação com os anjos (Obs.02), o que realmente é levado em conta é aquilo que foi potencializado por nossa mente, por nosso "coração".
Portanto, a cor externa de uma vela é como se fosse um "andaime" ou uma "muleta".
É útil durante algum tempo, pois existe realmente uma correspondência de cores, mas isso depois atrapalha bastante - e pode induzir alguém à perda do caminho da Salvação.

Outros ainda defendem a tese de que se deve oferecer flores, perfumes, alimentos, etc. aos anjos para deles obter sua atenção e seu agrado.
Essa atitude funciona igualmente como um andaime ou uma muleta, e em contraparte constitui-se em um perigo invisível: O de atrair castas espirituais indesejadas e de ordem inferior, que se encantam com as emanações aithéricas de tais oferendas e se instalam no ambiente como um verdadeiro grude, cuja remoção é bastante difícil.

Devemos ter cuidado até mesmo com certos perfumes, que têm como efeito colateral atrair castas indesejáveis.(Obs.03)

GÊNIOS DE HUMANIDADE:

Esses tais Gênios,sobre os quais não há outras explicações, parecem ter a única finalidade de preencher lacunas no calendário dos anjos-guardiães (que achamos desnecessário publicar aqui).
De qualquer forma, os dias que estão "sobrando" no calendário angelical são o 5 de janeiro, o 19 de março (considerado o início do ano esotérico),o 31 de maio, o 12 de agosto e o 24 de outubro.

Aqueles que adoram aos anjos escolhem "um anjo qualquer" de seu próprio agrado e o consideram como "Gênio de Humanidade" para um determinado dia. Simples assim.
Portanto, os "Gênios de Humanidade" são os mesmos anjos de antes, "fazendo hora extra".

CONCLUSÃO:

Já pensaram se nós cristãos tivéssemos que estudar todas essas coisas para que pudéssemos efetivamente conhecer as verdadeiras coisas dos céus?
Felizmente o Senhor Jesus, nosso salvador e intercessor obteve vitoria sobre todas as coisas, e a Ele foi dado todo o poder nos céus e na terra.
Dessa forma, podemos manter nosso coração livre de estudos supérfluos, que apenas desviam nossa mente do reconhecimento do imenso amor de Deus sobre nós.
É na simplicidade, e de coração tranquilo, que efetivamente serviremos ao Deus-Pai.
Em nossa simplicidade, os anjos continuarão a fazer aquilo que lhes é determinado, seja a nosso favor (ou eventualmente contra nós) sem que seja necessária em momento algum clamarmos a eles ou com eles estabelecermos vínculo.

Observa-se também que o homem tem a tendência a organizar hierarquias para tudo, ao contrário do "modus operandi" do Senhor Jesus, que deitou as hierarquias humanas por terra - e acabou com a necessidade de haver quaisquer intermediários entre nós e o Pai.
Em nosso exército, somente Ele é capitão. Todos os demais somos soldados.
Por aqui não temos "sargentos", "coronéis", "majores", "cabos", embora em nossa ainda grande imperfeição alguns de nós nos consideremos "generais" ou até mesmo "marechais".

(Fim)


(Obs.01) A oração - conforme sugerida pelo Cristo - potencializa a ação de forma muito mais eficaz.

(Obs.02) Para um cristão, tal busca de uma comunicação é totalmente desnecessária.
Porém devemos pedir a Deus o dom de discernir os espíritos, para que possamos determinar qual a origem de um anjo que porventura se apresente diante de nós.

(Obs.03) Não estamos induzindo ninguém a fazer oferendas para anjo algum.
Estamos apenas comentando o que outras pessoas fazem, segundo suas crenças pessoais.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

ANJOS

Mensagem  Edison em Qui Jan 05, 2012 5:06 pm

Olá Sergio,

As pessoas confundem muito astronomia com astrologia ou horóscopo.

Sabemos que os três "magos" (ou astrólogos) identificaram o tempo da chegada do Messias, através de aparição de uma estrela no firmamento. Ninguem conseguiu identificar. Nem Anás, nem Caifás, nem fariseus, nem saduceus, nem essênios, nem doutores da Lei, escribas, etc. Mas uns astrólogos identificaram o tempo de Deus através do aparecimento de uma estrela.

Na revelação de Jesus para João em Patmos, Ele disse que as estrelas eram anjos (hummmmmmm......) Apoc. 1:72

Podemos disser então que os "magos" identificaram a ação de Deus na terra através do conhecimento do zodíaco.

Zodíaco não é horóscopo. Eu acho que horóscopo é uma perversão que se utiliza do zodíaco.

Então em Apoc. 1:72 nos é dito que estrelas são anjos e anjos são mensageiros para a Igreja. No mínimo naquele caso específico os anjos eram mensageiros, ou anjos terestres enviados para a Igreja durante as eras dos gentios.

Em Malaquias 3:1 temos a promessa do envio de um anjo para preparar o Caminho do Messias.

Em Mat. 11 o Senhor Jesus identifica aquele anjo prometido por Malaquias 3. Diz que ele era um profeta e diz que era um homem e que seu nome era João.
Neste caso concluimos que um anjo é um profeta, ou conclusivamente um homem.

Isso nos leva a inferir que há uma distância muito pequena, ou não há distância alguma, entre anjos de Deus e homens de Deus, digamos assim.

A Rode, quando viu a Pedro e o anunciou, os judeus acredidataram ser o "seu" anjo. De onde tiraram essa conclusão repentidamente? Inventaram isso naquela hora? Ou seria um conhecimento que os judeus tinham a respeito de anjos?

Jesus disse: "Vede, não desprezeis algum destes pequeninos, porque eu vos digo que os seus anjos nos céus sempre vêem a face de meu Pai que está nos céus" (Mat. 18:10).

Agora, quem são esses anjos? Não seriam nossas almas??? Não seriam nossas teofanias???

Ficam aí essas elucubrações.

Edison


Edison

Mensagens : 78
Data de inscrição : 23/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTRODUÇÃO À ANGELOLOGIA (PARTE 4)

Mensagem  TheuWinch em Qui Jan 05, 2012 5:26 pm

Sobre esse fato dos anjos serem estrelas, em Apocalipse 12;4 diz que o Diabo levou a terça parte das estrelas, acho que é em outras traduções, deve estar "a terça parte dos anjos"
Acho que deve ser verdade mesmo, das estrelas serem os anjos!
avatar
TheuWinch

Mensagens : 120
Data de inscrição : 26/06/2011
Idade : 22
Localização : Ilhéus- Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTRODUÇÃO À ANGELOLOGIA (PARTE 4)

Mensagem  Sergio Teixeira em Qui Jan 05, 2012 6:07 pm

Em Apcalipse 1.20 está escrito: "O mistério das sete estrelas, que viste na minha destra, e dos sete castiçais de ouro. As sete estrelas são os anjos das sete igrejas, e os sete castiçais, que viste, são as sete igrejas."

Os "reis magos" na verdade não eram "reis", mas efetivamente estudiosos da Astrologia.
Se fossem reis, estariam viajando com suas respectivas comitivas e parte de seus exércitos.

A palavra "anjo" significa de maneira geral uma "forma visível", que pode ser desde uma miragem, uma lembrança, o fruto de uma forte imaginação, ou uma aparição verdadeira de alguém, seja celeste ou terrestre.
Um anjo é geralmente um mensageiro, e nunca estará passeando a esmo, tendo sempre uma missão a cumprir.
A linguagem na qual se expressam diante de nós é a nossa, já que não precisam "falar" uns para os outros.

A Astrologia considera não propriamente os planetas em sua forma fisica, mas apenas faz uma alusão a eles.
São chamados "planetas" porque - na Astrologia - ficam disposicionados como se fossem as camadas ("planos") de uma cebola, umas sobre as outras.
Cada planeta se manifesta em sua própria "camada", e por essa razão a Lua, que é fisicamente um satélite, é igualmente considerada um planeta.

A Astrologia era uma ciência bastante séria, assim como a Kabbalah e o Tarot. Hoje em dia o que restou de tal seriedade é muito pouco confiável, e virou modismo.
De qualquer forma, ao Senhor Jesus foi concedido todo o poder quer nos céus quer na Terra, e assim não precisamos nos preocupar com a influência maléfica de Saturno, regente do sábado, já que o Senhor Jesus é o senhor também do sábado.
Não fosse assim, ainda estaríamos sujeitos à influência astral sobre as nossas vidas.
Contudo, é bom observar que os astros sempre indicaram mas jamais determinaram.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

ANJOS

Mensagem  Edison em Qui Jan 05, 2012 6:46 pm

O Senhor Jesus tem poder sobre tudo, aliás o Seu Nome dado é sobre todas as coisas.

Isso não descarta Ele ter instrumentos (anjos, arcanjos.....etc) que funcionam a Seu favor, para fazer cumprir a Sua Palavra, quer na dimensão celeste, terrestre e no inferno.

Na primeira vinda, Ele teve um anjo terrestre, que somente ele tinha a comissão e a revelação de apontar e dizer: "Eis aí o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo".
Ele, aquele homem nascido de mulher, fruto de uma relação sexual entre Zacarias e Isabel, era o anjo prometido.

E os anjos caídos. A terça parte das "estrelas" que foram precipitadas sobre a terra??? (Apoc. 12)

Edison

Mensagens : 78
Data de inscrição : 23/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTRODUÇÃO À ANGELOLOGIA (PARTE 4)

Mensagem  Sergio Teixeira em Qui Jan 05, 2012 8:32 pm

Normalmente eu não tenho a pretensão de decifrar o livro da Revelação (Apocalipse), mas acho que é por aí mesmo.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

ANJOS

Mensagem  Edison em Sex Jan 06, 2012 10:39 am

Sergio Teixeira escreveu:Normalmente eu não tenho a pretensão de decifrar o livro da Revelação (Apocalipse), mas acho que é por aí mesmo.

Isso é sabedoria. Ninguem deve decifrar a Palavra, até mesmo porque não consegue. O decifrar a Palavra cabe ao autor da Palavra.

"Mas faço-vos saber, irmãos, que o evangelho que por mim foi anunciado não é segundo os homens,
12 porque não o recebi, nem aprendi de homem algum, mas pela revelação de Jesus Cristo"
(Gal. 1:11-12).

Eu amo este versículo: "sendo Anás e Caifás sumos sacerdotes, veio no deserto a palavra de Deus a João, filho de Zacarias" (Luc. 3:2).



Sergio, você recebeu minha MP?

Grato.

Edison

Mensagens : 78
Data de inscrição : 23/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTRODUÇÃO À ANGELOLOGIA (PARTE 4)

Mensagem  Sergio Teixeira em Sex Jan 06, 2012 11:49 am

Ir. Edison, a MP mais recente recebida da pate do irmão está datada de 30 de setembro de 2011.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

anjos

Mensagem  Edison em Sex Jan 06, 2012 2:53 pm

OK. Sergio, mandei MP novamente.
Grato.
Edison

Edison

Mensagens : 78
Data de inscrição : 23/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTRODUÇÃO À ANGELOLOGIA (PARTE 4)

Mensagem  Sergio Teixeira em Sex Jan 06, 2012 4:39 pm

Recebida e respondida.
Deus o abençoe.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTRODUÇÃO À ANGELOLOGIA (PARTE 4)

Mensagem  Mourão em Sex Jun 14, 2013 7:50 am

Tenho a impressão de que os anjos não tenham uma forma predefinida, e assim se apresentem parecidos conosco, ou com animais, insetos, ou estrelas, dependendo da necessidade.
Uma coisa é certa: Eles, ao se comunicar conosco, falam a nossa lingua, e nenhuma outra especial.
Todos os anjos na Bíblia falaram o idioma local, e foram plenamente entendidos por aqueles servos de Deus a quem se dirigiram.
Não se encontra na Bíblia nenhuma alusão a uma suposta "linguagem angelical", exceto quando Paulo fala, em sentido figurado "ainda que eu falasse a linguagem dos anjos"...
Falar em linguas desconhecidas é uma coisa; Mas não significa que se esteja falando a "linguagem dos anjos".
avatar
Mourão

Mensagens : 135
Data de inscrição : 11/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: INTRODUÇÃO À ANGELOLOGIA (PARTE 4)

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum