INTRODUÇÃO À ANGELOLOGIA (PARTE 2)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

INTRODUÇÃO À ANGELOLOGIA (PARTE 2)

Mensagem  Sergio Teixeira em Qua Dez 07, 2011 11:57 am

A palavra "demônio" vem do grego "daimones" que tem exatamente o mesmo significado de "aggelos".
Os antigos observavam os anjos como sendo aparições "sobrenaturais" de formas bastante semelhantes à do homem, porém de alguma forma especialmente notável, os quais traziam mensagens, promoviam curas mas também destruíam povos e cidades.

Segundo depreendemos da própria Bíblia, existem nove categorias angelicais - descritas por escrito - que atendem em três aspectos celestiais, chamados respectivamente de primeiro, segundo e terceiro "céus", sendo este último o que estaria "mais próximo" de nosso Deus.
Existem por aí menções a um "sétimo céu"...

O Apóstolo Paulo, em suas epístolas aos Efésios e aos Colossenses, fala sobre 5 ordens desses anjos. No Velho Testamento se fala sobre Querubins e Serafins, e finalmente no Novo Testamento temos o conhecimento de Anjos e Arcanjos.
Portanto, não há o que discutir sobre a existência ou não desses seres criados por Deus, sem irmos contra a Palavra Escrita.

Sabe-se contudo que a seita dos Saduceus não cria de forma alguma na existência dos anjos, sendo a única seita judaica a agir dessa forma.
Todos os outros povos acreditavam, segundo suas próprias tradições, na existência de seres dévicos (que nós chamamos "angelicais").

Assim, no "primeiro céu" estão os ANJOS, os ARCANJOS e os PRINCIPADOS;

No "segundo céu" as VIRTUDES, as POTESTADES e as DOMINAÇÕES;

E finalmente no terceiro céu, mais próximos à Divindade, os TRONOS, os QUERUBINS e os SERAFINS, segundo nos relata a própria Bíblia.

(Continua)
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum