A mocidade mudou?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

A mocidade mudou?

Mensagem  Benício em Sex Out 28, 2011 6:36 pm

Sou jovem ainda, tenho meus 20 e poucos anos.

Noto que, quando eu tinha cerca de 12 anos, a mocidade era mais unida, nao ligava para o material, nao era muito vaidosa.

Hoje em dia, noto que nossa mocidade nao difere em nada do mundo.

Na igreja é uma coisa: sao humildes, nao ligam pra aparencia, nao ligam para o material, e etc.

Quando saem da igreja, viram a casaca.

O desprezo é de praxe. Desprezam quem nao os agrada.

Será que é influencia dos pregadores?

Ou isso seria influencia do mundo?

O que está acontecendo?

Benício

Mensagens : 101
Data de inscrição : 09/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A mocidade mudou?

Mensagem  Gurgel em Sex Out 28, 2011 11:17 pm

Benício escreveu:Sou jovem ainda, tenho meus 20 e poucos anos.

Noto que, quando eu tinha cerca de 12 anos, a mocidade era mais unida, nao ligava para o material, nao era muito vaidosa.

Hoje em dia, noto que nossa mocidade nao difere em nada do mundo.

Na igreja é uma coisa: sao humildes, nao ligam pra aparencia, nao ligam para o material, e etc.

Quando saem da igreja, viram a casaca.

O desprezo é de praxe. Desprezam quem nao os agrada.

Será que é influencia dos pregadores?

Ou isso seria influencia do mundo?

O que está acontecendo?

Influência do mundão... E não é só na CCB não irmão. É em todo lugar. É só olhar nas comunidades do orkut e ver que muitos de nossa mocidade andam pintando o sete por aí. Tirando fotos sensuais exibindo o corpo (moças e moços), fazendo brincadeiras do tipo "fica ou passa", "beija ou passa" e etc. É comum encontrar irmãnzinhas e irmãozinhos com 16 anos que já "ficaram" com uns 10. Muitos frequentam baladas. Muitos bebem todas e dão péssimo testemunho e etc.

O que importa é a aparência dentro da igreja, fazendo cara de triste e de santinho. Quando saem, muitos deles aprontam tanto que deixam o pessoal do "mundão" no chinelo no quesito "safadeza". Muitos associam isso ao fato de serem "presos" pelos pais e sofrerem rigor excessivo com as proibições impostas pela denominação... Quando saem debaixo das asas do pai a curiosidade e falta de conhecimento levam eles a exagerar.

Gurgel

Mensagens : 59
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A mocidade mudou?

Mensagem  THEODORO em Sab Out 29, 2011 5:51 am




Caro irmão,

Com certeza não só a mocidade mudou, como toda a irmandade mudou muito. Atualmente presenciamos muita coisa em nosso meio que anos atrás seria impensável de se acontecer, e o que é pior, de se suportar. Parece que está ocorrendo uma letargia do ministério, mas, o que ocorre de fato é que a maioria de nossos irmãos perderam de certa forma a humildade, por exemplo, de ouvir um conselho do ministério e dos pais e aceitar a correição, atualmente o ministério aparenta até ter um certo receio da reação da irmandade e infelizmente muitos deixaram de cumprir o seu papel de aconselhar e dirimir conflitos, optando por "deixar Deus tomar conta", e isso tem contribuido para tais comportamentos erroneos da mocidade e da irmandade, ocorrendo na verdade o "esfriamento" do amor. Além disso, existem os diversos atrativos que o mundo oferece e assim muitos tem colocado o amor de Deus em segundo plano, vivendo um pé na graça e outro no "mundo". Contudo, tenho que lhe dizer que temos a capacidade de atrair para nós o que desejamos, se voce deseja estar com jovens que verdadeiramente servem a Deus, com certeza voce encontrará amigos em sua comum ou próximas a ela que lhe serão ótimos companheiros, pois, eu conheço muitos, mas, muitos jovens mesmo, que servem a Deus de verdade, apesar de todos nós termos fraquezas e devermos nos suportar uns aos outros. Posso lhe garantir, portanto, que existem pessoas fantásticas em nosso meio, não me refiro a pessoas obtusas ou fanáticas, mas, jovens e irmãos que se respeitam e respeitam uns aos outros servindo a Deus com sinceridade. Deus lhe abençoe!!!

THEODORO

Mensagens : 64
Data de inscrição : 23/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A mocidade mudou?

Mensagem  TheuWinch em Sab Out 29, 2011 7:03 am

"Por causa da iniquidade, o Amor de muitos esfriarão"

E não é apenas na CCB mesmo, vários jovens de várias denominações tbm estão assim... o Diabo aproveita pra tentar a mocidade, afinal de contas os jovens são frágeis emocionalmente. Sou jovem, tenho 16 anos e posso dizer que não é fácil viu, não que eu esteja tentando justificar os jovens, porém nosso inimigo luta muito contra os jovens...
É tempo de santificação, pq cada vez fica mais difícil.
avatar
TheuWinch

Mensagens : 120
Data de inscrição : 26/06/2011
Idade : 22
Localização : Ilhéus- Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A mocidade mudou?

Mensagem  Sergio Teixeira em Sab Out 29, 2011 8:57 am

Meus amados, o mundo inteiro mudou, e não mudou para melhor.
No tocante aos jovens, e fora das igrejas, faço notar que no milenar Japão a obediência dos filhos aos seus pais se tornou proverbial nos séculos passados.
Os jovens praticavam com rigor o Budismo, uma religião séria e muito rigorosa quanto a valores éticos, morais, sociais e filosóficos.
Os princípios budistas nortearam por gerações e gerações a sociedade japonesa.

Hoje em dia não é mais assim.
Grande parte da mocidade ali - a pretexto de intitular-se "moderna" - chega a ser rebelde a tal ponto de se tornar preocupante para toda a sociedade, não apenas para os seus pais.
Foram abandonados os princípios budistas, o conceito de "honrar pai e mãe" e o conceito geral de honra, tão forte naquele país, vem-se dia a dia abalando cada vez mais.

Voltemos porém ao Brasil e à doutrina apostólico-cristã.
Sabemos que estamos no mundo mas que não pertencemos a ele.
Porém uma parte de nós já começa a seguir após outras "doutrinas" que pregam "liberdades", "facilidades", "conforto material", amoralidade (a falta de uma moralidade específica) e até mesmo a imoralidade (totalmente contrária e antagônica a qualquer preceito de moralidade).
É extremamente fácil sair das igrejas e ir atrás do que "não presta", pois os "convites" ao pecado e à dissolução são algo parecido com "irrecusável".
Hoje, pessoas praticam toda a sorte de coisas achando que é "normal", e influenciando outras pessoas a também acharem que tal atitude é normal.
Citamos como exemplo o uso de bebidas, do tabaco, das substâncias narcóticas e/ou entorpecentes, da infidelidade conjugal, do sexo fora do casamento, da homossexualidade sugerida ou induzida, e de tantas outras coisas que não são nada normais, porém que se fazem passar por "normais" e "sem importância".

Ora, quem quiser pecar, que peque.
Mas que depois não venha gastar todo o tempo que lhe resta se lamentando pelo tipo de "vida" que passará a ter.
A Palavra adverte, orienta, ensina, conduz, ilumina, esclarece, dá vida.
Mas se não dermos a ela a devida atenção...

Observando também que para uma pessoa estar fora da igreja não precisa estar necessariamente fora do prédio.
Basta que seus pensamentos não se coadunem com os ensinamentos do Mestre, com a doutrina apostólica e que sua fé ainda seja com "f" minúsculo...
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A mocidade mudou?

Mensagem  Gurgel em Sab Out 29, 2011 1:10 pm

THEODORO escreveu:


Caro irmão,

Com certeza não só a mocidade mudou, como toda a irmandade mudou muito. Atualmente presenciamos muita coisa em nosso meio que anos atrás seria impensável de se acontecer, e o que é pior, de se suportar. Parece que está ocorrendo uma letargia do ministério, mas, o que ocorre de fato é que a maioria de nossos irmãos perderam de certa forma a humildade, por exemplo, de ouvir um conselho do ministério e dos pais e aceitar a correição, atualmente o ministério aparenta até ter um certo receio da reação da irmandade e infelizmente muitos deixaram de cumprir o seu papel de aconselhar e dirimir conflitos, optando por "deixar Deus tomar conta", e isso tem contribuido para tais comportamentos erroneos da mocidade e da irmandade, ocorrendo na verdade o "esfriamento" do amor. Além disso, existem os diversos atrativos que o mundo oferece e assim muitos tem colocado o amor de Deus em segundo plano, vivendo um pé na graça e outro no "mundo". Contudo, tenho que lhe dizer que temos a capacidade de atrair para nós o que desejamos, se voce deseja estar com jovens que verdadeiramente servem a Deus, com certeza voce encontrará amigos em sua comum ou próximas a ela que lhe serão ótimos companheiros, pois, eu conheço muitos, mas, muitos jovens mesmo, que servem a Deus de verdade, apesar de todos nós termos fraquezas e devermos nos suportar uns aos outros. Posso lhe garantir, portanto, que existem pessoas fantásticas em nosso meio, não me refiro a pessoas obtusas ou fanáticas, mas, jovens e irmãos que se respeitam e respeitam uns aos outros servindo a Deus com sinceridade. Deus lhe abençoe!!!

Esse fato de deixar nas mãos de Deus que ele cuidará é infelizmente mais um desculpa de quem tem preguiça de ir atrás e cuidar dos filhos. Infelizmente muito amparada por pregações comuns e muitas das vezes pregadas por costume em nosso meio.
Teve um caso que quando era criança, um irmão costumava muito viajar em missões de construção de igrejas e quase nunca parava em casa nos finais de semana, quase não vendo os filhos. Meu pai costumava alertá-lo a não deixar os filhos largados desse jeito (ele tinha dois filhos), pois as más companhias poderiam levá-los ao mundo. Esse irmão sempre dizia a meu pai (de forma arrogante), estou trabalhando para Deus e Ele cuidará de meus filhos. Eu tenho fé e etc. Vira e meche quando haviam as famosas pregações "deixe o teu filhos em minhas mãos que eu vou cuidar dele" no final do culto ele olhava para meu pai no final do culto e dizia "tá vendo irmão, Deus está no controle, não falei para você, olha lá a palavra".

Passaram-se 15 anos e os dois filhos dele já tiveram envolvimento com drogas, já até foram presos e andam em caminhos tortuosos, nem querendo saber de igreja. Esse irmão que se matou de trabalhar em construções quase não tem apoio da irmandade na parte de visitas para ajudar e etc. Hoje pode estar fazendo o que é muito comum em nosso meio, ficar choramingando "Deus não me ama, pois a palavra Dele não se cumpriu em minha vida" e etc.

O que podemos fazer com nossas mãos e nosso esforço (como tentar educar e cuidar de nossos filhos monitorando-os constantemente) devemos fazer. O que fugir de nosso controle, aí sim devemos orar e deixar nas mãos de nosso Deus.

Gurgel

Mensagens : 59
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A mocidade mudou?

Mensagem  Sergio Teixeira em Dom Out 30, 2011 8:50 am

Infelizmente as pessoas confundem o "entregar nas mãos de Deus" com o "largar para lá de qualquer maneira" e até mesmo com o "abandonar a causa".
Entregar nas mãos de Deus significa fazermos a nossa parte, entregarmos então a causa nas mãos de Deus e perseverarmos em orações, isentando-nos porém da preocupação e da ansiedade em excesso - a tal "solicitude".

Um exemplo:

Um determinado aluno faz seus exames de qualquer maneira, e no dia em que vai saber dos resultados, aí então clama a Deus para que tenha sido aprovado.
Está correto esse procedimento? Será que ele imaginava que Deus mandaria um "anjo trambiqueiro" para fraudar os resultados a seu favor?

O procedimento correto seria clamar a Deus para poder estudar, clamar a Deus para lhe dar entendimento da matéria, clamar a Deus para lhe dar serenidade e confiança para fazer os exames, clamar a Deus para lembrar de tudo o que fosse necessário, e então fazer os tais exames em total confiança, na certeza de que Deus o estaria ajudando em tudo.
E por fim clamar novamente a Deus em agradecimento, já então na certeza da vitória.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A mocidade mudou?

Mensagem  Gurgel em Dom Out 30, 2011 9:00 am

Sergio Teixeira escreveu:Infelizmente as pessoas confundem o "entregar nas mãos de Deus" com o "largar para lá de qualquer maneira" e até mesmo com o "abandonar a causa".
Entregar nas mãos de Deus significa fazermos a nossa parte, entregarmos então a causa nas mãos de Deus e perseverarmos em orações, isentando-nos porém da preocupação e da ansiedade em excesso - a tal "solicitude".

Um exemplo:

Um determinado aluno faz seus exames de qualquer maneira, e no dia em que vai saber dos resultados, aí então clama a Deus para que tenha sido aprovado.
Está correto esse procedimento? Será que ele imaginava que Deus mandaria um "anjo trambiqueiro" para fraudar os resultados a seu favor?

O procedimento correto seria clamar a Deus para poder estudar, clamar a Deus para lhe dar entendimento da matéria, clamar a Deus para lhe dar serenidade e confiança para fazer os exames, clamar a Deus para lembrar de tudo o que fosse necessário, e então fazer os tais exames em total confiança, na certeza de que Deus o estaria ajudando em tudo.
E por fim clamar novamente a Deus em agradecimento, já então na certeza da vitória.

Que bom se fosse explicado desse jeito para a irmandade... Muitos tem a visão que é só largar mesmo na mão de Deus... Pode sair por aí congregando, fazendo missão, construindo igrejas e deixa a família nas mãos de Deus. É lamentável, mas essa é a verdade.
Que bom seria que se os irmãos do ministério no pulpito desse esse tipo de conselho do irmão Sérgio.

Gurgel

Mensagens : 59
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A mocidade mudou?

Mensagem  Sergio Teixeira em Dom Out 30, 2011 9:14 am

Bem, eu tenho ouvido várias vezes esse conselho, durante o tempo em que estou na Congregação..
Lamento muito que em outros lugares não seja ensinado assim, ou que a irmandade não tenha entendido dessa forma.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A mocidade mudou?

Mensagem  Gurgel em Dom Out 30, 2011 9:35 am

Sergio Teixeira escreveu:Bem, eu tenho ouvido várias vezes esse conselho, durante o tempo em que estou na Congregação..
Lamento muito que em outros lugares não seja ensinado assim, ou que a irmandade não tenha entendido dessa forma.

Eu também já ouvi conselhos assim irmão, porém são pontuais e na irmandade tem realmente essa cultura "se for de Deus permanece", e aliados ao calvinismo (mesmo sem saber o que é isso, mas praticam) muitas vezes deixam de lado o "ir atrás da ovelha perdida" (inclusive quando essa ovelha é seu próprio filho), porque se for de Deus na hora certa a pessoa volta para graça, e se não for não adianta ir atrás mesmo.

Além do irmão que citei no post anterior que tem seus filhos no mundo, posso citar minha tia no qual nenhum dos seus cinco filhos que nasceram já membros da congregação servem a Deus, sendo que um deles entrou na vida do crime e foi morto. Duas filhas são mães solteiras. e o filho mais novo segue os passos do filho mais velho.

Essa minha tia usava o mesmo jargão quando seus filhos eram pequenos e estavam começando a desviar. Está nas mãos de Deus, não ouviu a palavra?

Gurgel

Mensagens : 59
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A mocidade mudou?

Mensagem  TheuWinch em Dom Out 30, 2011 8:02 pm

Ir. Gurgel
Esse "Calvinismo" que o irmão falou é a Doutrina da Predestinação?
avatar
TheuWinch

Mensagens : 120
Data de inscrição : 26/06/2011
Idade : 22
Localização : Ilhéus- Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A mocidade mudou?

Mensagem  Sergio Teixeira em Seg Out 31, 2011 6:44 pm

Essa "teoria da predestinação", ou "doutrina da predestinação" faz parte da teologia defendida por Calvino, e está intimamente ligada ao conceito de onisciência da parte de nosso Deus.

Assim, por Ele conhecer todas as coisas de forma estática, igualmente as conhece de forma dinâmica, contemplando simultaneamente o presente, o passado e o futuro de toda a Sua criação.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A mocidade mudou?

Mensagem  Gurgel em Qua Nov 02, 2011 11:35 am

TheuWinch escreveu:Ir. Gurgel
Esse "Calvinismo" que o irmão falou é a Doutrina da Predestinação?

Prezado Irmão,

Sim. O calvinismo (trocando em miúdos) é a tal da doutrina da predestinação que herdamos da igreja presbiteriana. E muitos irmãos se usam disso para evitar de "correr atrás da ovelha perdida". Algo semelhante ocorreu com meu pai que era porteiro há 30 anos e trabalhou MUITO na obra. Quando ele parou e fui comentar com um irmão e contei os motivos. Esse irmão em um tom de menosprezo balançou o ombro e disse "essa graça (que na cabeça dele é a CCB) não é de quem quer e nem de quem corre atrás", sendo que a conversa parou por ali.

Vira e mexe, pelo menos na minha região, quando alguém para de congregar ou se transfere para outra denominação, as pessoas dizem, "se for de Deus voltará nem que seja quebrado em uma cama ou numa cadeira de rodas, se não for ficará lá no mundão."

É um entendimento errado da tal doutrina da predestinação que é algo tão complexo que eu desisti de entender. Para mim sempre será um mistério e nem vale a pena debater. Entretanto esse comportamento da irmandade mencionado acima deveria ser combatido sim. Mas o problema é que a maioria das pessoas aprendeu isso ouvindo do pulpito. Então fica difícil...

Gurgel

Mensagens : 59
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A mocidade mudou?

Mensagem  TheuWinch em Qua Nov 02, 2011 12:18 pm

Olha, sendo sincero, é muito difícil entender essa "Predestinação" que significa "Destinar antes", ou "Já escolhido"
Difícil conciliar predestinação de livre-arbítrio.
Tem versículos mesmo que mostram que a salvação depende do ser humano, Mc 16:16 e outros. Tem outros que falam de predestinação, EF 1:4.
Cada um verá as coisas de um jeito, mas o que acho é que ninguém chegará á a "Conclusão certa"
avatar
TheuWinch

Mensagens : 120
Data de inscrição : 26/06/2011
Idade : 22
Localização : Ilhéus- Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A mocidade mudou?

Mensagem  Sergio Teixeira em Qua Nov 02, 2011 12:48 pm

Olha, sendo sincero, é muito difícil entender essa "Predestinação" que significa "Destinar antes", ou "Já escolhido"
Difícil conciliar predestinação de livre-arbítrio.
Tem versículos mesmo que mostram que a salvação depende do ser humano, Mc 16:16 e outros. Tem outros que falam de predestinação, EF 1:4.
Cada um verá as coisas de um jeito, mas o que acho é que ninguém chegará á a "Conclusão certa"
Bem, a coisa não é tão difícil assim.
Vamos lançar uma parábola:
Suponhamos que alguém seja herdeiro, por testamento, de uma grande propriedade imobiliária.
O fato de existir um testamento oficial já o predestinaria a receber tal herança, certo?
A propriedade futuramente seria sua, e "fim-de-papo", não é mesmo?
Porém, se ele por algum motivo qualquer deixar de tomar posse de tal herança, com o tempo ele acabará perdendo a tal propriedade, seja para o governo, seja para alguém que dela se aposse e que requeira o seu uzucapião.

Da mesma forma a Salvação.
Nós a temos por herança de nosso Deus, como direito líquido e certo, desde que tomemos posse dela em tempo hábil.
Com uma diferença: A salvação não é de natureza transferível para outrem. Ela é apenas nossa, individualmente.

E nisso reside nosso livre arbítrio: Entre o agir de forma a estar sempre perto e devidamente habilitados (cumprindo todas as formalidades necessárias para tal) para "tomar posse" no momento certo, e o não fazer nada e "deixar como está para ver como é que fica"...

Não é uma decisão "difícil" de ser tomada. A vantagem é toda nossa..
Porém entre vencer e vencer alguns inexplicavelmente usam de seu livre arbítrio para escolher uma terceira opção, até então inexistente, que é a de perder a Salvação.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A mocidade mudou?

Mensagem  TheuWinch em Qua Nov 02, 2011 6:44 pm

Gostei da parábola
Seria bom se o pessoal do ministério da CCB visse, afinam ja vi tantas pregações tais como : "Se não vier pelo amor, vem pela Dor"
E a clássica que tem aqui é: "Se o homem é predestinado e quer pecar, Deus leva pra não pecar"
avatar
TheuWinch

Mensagens : 120
Data de inscrição : 26/06/2011
Idade : 22
Localização : Ilhéus- Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A mocidade mudou?

Mensagem  TheuWinch em Qua Nov 02, 2011 6:45 pm

E esse "Pecar" que eles falam é Fornicação/Adultério, mas não vamos entrar em detalhes.
avatar
TheuWinch

Mensagens : 120
Data de inscrição : 26/06/2011
Idade : 22
Localização : Ilhéus- Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A mocidade mudou?

Mensagem  Sergio Teixeira em Qua Nov 02, 2011 7:02 pm

Não podemos nos esquecer de que existem muitos outros pecados graves, além desses de natureza sexual os quais são como que "supervalorizados" como se fossem pecados maiores que outros.

Levantar falso testemunho, por exemplo, é um pecado gravíssimo, que certamente conduz à morte, e no qual praticamente não se presta a mínima atenção, do qual nada se fala, nada se admoesta, nada se exorta, e que no entanto é muito comum no meio do povo.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

re:

Mensagem  call em Qua Nov 02, 2011 7:08 pm

TheuWinch escreveu:E esse "Pecar" que eles falam é Fornicação/Adultério, mas não vamos entrar em detalhes.

à paz de DEUS com todos!

Realmente, na teoria , parece fácil entender, mas na prática, é um grande mistério. Quantas palavras ouvimos " Da minha mão ninguém te arrancará".
O certo é, que DEUS conhece o coração do ser humano, e vai até a divisão da alma, mas digo que , neste tempo presente, nunca necessitamos tanto de estarmos unidos, em amor fraternal, não só em oração, mas , se possível, em exercício de obras do mesmo (visitando, aconselhando, auxiliando).
Irmãos, acredito que, DEUS é aquele que recompensará a cada um, segundo as obras e o esforço em amparar nossos irmãozinhos na fé.
Andei muito em visitas com mocidade, e digo uma coisa - é gratificante ver um moço/moça/irmão /irmã reanimando e ganhando forças, vindas de DEUS após um conselho,visita, etc... o Senhor me deu a graça de fazer muitas, e confesso que , além das obras exteriores, me renovava em espírito à cada visita , à cada conselho e a cada gesto de conpanheirismo que Ele nos dava de fazer.

DEUS abençoe!

call

Mensagens : 14
Data de inscrição : 15/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A mocidade mudou?

Mensagem  Sergio Teixeira em Qua Nov 02, 2011 8:38 pm

Cristianismo é exatamente isso: Prática!

Ser cristão não é apenas ir e vir, ler a Bíblia, ouvir a Palavra, orar, vigiar, mas sobretudo interagir com nosso semelhante, sempre visando agradar a Deus e fazer a Sua Vontade.
É visitar os enfermos, os parados, os desanimados, não para colocar novo jugo sobre eles, mas para levantar, para edificar, para alegrar, para alimentar - inclusive no municiamento da despensa para que não fique vazia - enfim para revigorar a Fé e a esperança nossas e de nossos irmãos nas promessas do Pai.

O Senhor Jesus nos mandou anunciar que "é chegado o Reino dos Céus", ou seja, que o Deus-Pai, pela Sua infinita misericórdia, desceu os céus até nós para nos ouvir mais de perto - e não que "é chegado o fim dos tempos" ou que "os pecadores serão castigados".
Serão, sim. Mas não foi isso que o Mestre nos mandou anunciar.
Ele não nos constituiu como "palmatórias do mundo".
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A mocidade mudou?

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum