Ir a um casamento católico

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Ir a um casamento católico

Mensagem  Sergio Teixeira em Qua Nov 02, 2011 8:06 pm

Irmão Theodoro:

Existem bebidas que - dentro de determinadas condições - são verdadeiros alimentos.
Tudo depende da forma como tais bebidas estão sendo utilizadas.

A cerveja e o chopp artesanais, feitos em casa, são uma fonte riquíssima de vitaminas do complexo B e de outros nutrientes.
Já quando sofrem industrialização, a coisa muda de figura.

Curioso é que a Bíblia não faz uma única menção à cerveja ou ao chopp, que já eram largamente produzidos pelos egípcios e outros povos. Sem fabricar a cerveja, não haveria como conseguir o fermento biológico para fabricar o pão.
O microorganismo responsável pelo fermento-de-pão é na realidade um fungo e tem o nome científico de "Saccharomyces cerevisiae" exatamente por ser proveniente da cerveja.
Existem pessoas totalmente abstêmias, mas que consomem levedo de cerveja em pó, que pode ser comprado em lojas de produtos naturais.

O vinho artesanal, feito em casa, também tem propriedades antioxidantes e entre outros benefícios, combate os radicais livres.
Foi inclusive recomendado - com moderação - por Paulo a Timóteo por causa de uma enfermidade estomacal.
Também, quando um vinho é industrializado, perde essas características favoráveis, permanecendo porém as que não interessam à conservação de nossa saúde e ao nosso bom testemunho...

Quando sob frio muito intenso, um pequeno gole de bagaceira (aguardente produzida a partir do bagaço das uvas das quais se fez o vinho) é capaz de aquecer convenientemente uma pessoa, evitando que ela sofra hipotermia.

Portanto, errar ou acertar no uso de bebidas, depende estritamente do grau de comunhão que tenhamos com Deus, segundo a porção individual que Ele determinou para cada um de nós.

Não seria certo medirmos outras pessoas pela nossa medida individual, ou jogarmos sobre elas doutrinas destinadas especificamente para nós.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ir a um casamento católico

Mensagem  Jovem Musico em Qui Nov 03, 2011 6:29 am

Neófito escreveu:Sou obrigado a discordar de você, ir Gurgel.
A festa tem, por finalidade, a comemoração da cerimônia religiosa.
Imaginando que não haja quaisquer reza em cima da comida:
-Você vai em festa de batizado católico?
-Você comeria numa festa onde alguém "formou-se" pai-de-santo?

A contaminação não depende exclusivamente de que haja reza em cima da comida.
Acontece que no caso do casamento católico, misturam-se o civil com o religioso, por isso algumas pessoas lhes auto concedem a liberdade para ir na festa (a revelia de nossas doutrinas).

Mas, se querem saber mesmo, numa festa de casamento católico, só se comemora o casamento religioso mesmo, pois é com o papel da igreja que os noivos dão entrada no cartório
(No casamento religioso com efeito civil, os noivos não saem com a certidão de casamento em mãos)

E outra coisa, desmerecer os que seguem a nossa doutrina não fará de você mais esperto.

Segundo sua resposta então não pode porque houve uma contaminação!
Sendo assim, não poderíamos ir a qualquer festa de católicos mesmo que fosse um aniversário. E se um parente seu fosse católico devoto que te presenteasse no seu aniversário com um bolo e como ele é devoto que quer que a festa fosse bem ele em sua fé apresentaria aquela festa surpresa e o bolo para seus santos. Isto também estaria contaminado?

Eu era coordenador de uma fábrica e na sala onde eu trabalhava aviam imagens e no refeitório também e como meu chefe era um velho muito católico ele sempre fazia uma rápida oração no refeitório porque segundo a fé dele tudo ali estaria "abençoado". E neste caso eu não poderia comer pois tudo foi "contaminado". Ou deveria falar a ele, não faça isto pois está contaminando a comida, sendo que a intenção dele era boa. Sem dizer que seria um desrespeito a outra denominação.

Aliás não encontrei na bíblia esta tal contaminação. Eu sei apenas dos seguintes trechos:

(Atos 15:29) Que vos abstenhais das coisas sacrificadas aos ídolos, e do sangue, e da carne sufocada, e da prostituição, das quais coisas bem fazeis se vos guardardes. Bem vos vá.

(I Corintios 8:4) Assim que, quanto ao comer das coisas sacrificadas aos ídolos, sabemos que o ídolo nada é no mundo, e que não há outro Deus, senão um só.

(I Corintios 8:7) Mas nem em todos há conhecimento; porque alguns até agora comem, no seu costume para com o ídolo, coisas sacrificadas ao ídolo; e a sua consciência, sendo fraca, fica contaminada.

(I Corintios 8:10) Porque, se alguém te vir a ti, que tens ciência, sentado à mesa no templo dos ídolos, não será a consciência do que é fraco induzida a comer das coisas sacrificadas aos ídolos?

(I Corintios 10:28) Mas, se alguém vos disser: Isto foi sacrificado aos ídolos, não comais, por causa daquele que vos advertiu e por causa da consciência; porque a terra é do Senhor, e toda a sua plenitude.


Veja que todos os trechos falam de não comer "coisas sacrificadas aos ídolos" ou seja, coisas que foram feitas para homenagear um ídolo.

Sendo assim eu não iria a uma ordenação de um padre, mas também não iria a uma ordenação de um pastor, pois do contrário seria um ato discriminatório.

Não vou a nenhuma festa religiosa como junina, pascoa, natal, ou para qualquer outro santo. Mas vou a festas de casamento, aniversário, formatura etc independente da religião da pessoa, pois não discrimino ninguém.

Obs.: Nunca vou ou nunca fui a uma festa de casamento que seja apenas religioso, pois para mim o casal não se casou, apenas se amigou e como não concordo com esta atitude eu não vou. Como estamos falando de parentes é fácil saber se este se casou mesmo ou só se amigou fazendo uma celebração ao casamento. Independente de qual religião for! Mas normalmente situações assim não se tem festa mesmo, pois se não tiveram dinheiro para casar-se no civil também não terão para fazer a festa. Mas se tiver festa eu não vou pois assim estarei dando realmente um exemplo.

Se existe na bíblia esta tal "contaminação" então gostaria de saber onde está.


Jovem Musico

Mensagens : 90
Data de inscrição : 26/07/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ir a um casamento católico

Mensagem  THEODORO em Qui Nov 03, 2011 10:23 am

Sergio Teixeira escreveu:Irmão Theodoro:

Existem bebidas que - dentro de determinadas condições - são verdadeiros alimentos.
Tudo depende da forma como tais bebidas estão sendo utilizadas.

A cerveja e o chopp artesanais, feitos em casa, são uma fonte riquíssima de vitaminas do complexo B e de outros nutrientes.
Já quando sofrem industrialização, a coisa muda de figura.

Curioso é que a Bíblia não faz uma única menção à cerveja ou ao chopp, que já eram largamente produzidos pelos egípcios e outros povos. Sem fabricar a cerveja, não haveria como conseguir o fermento biológico para fabricar o pão.
O microorganismo responsável pelo fermento-de-pão é na realidade um fungo e tem o nome científico de "Saccharomyces cerevisiae" exatamente por ser proveniente da cerveja.
Existem pessoas totalmente abstêmias, mas que consomem levedo de cerveja em pó, que pode ser comprado em lojas de produtos naturais.

O vinho artesanal, feito em casa, também tem propriedades antioxidantes e entre outros benefícios, combate os radicais livres.
Foi inclusive recomendado - com moderação - por Paulo a Timóteo por causa de uma enfermidade estomacal.
Também, quando um vinho é industrializado, perde essas características favoráveis, permanecendo porém as que não interessam à conservação de nossa saúde e ao nosso bom testemunho...

Quando sob frio muito intenso, um pequeno gole de bagaceira (aguardente produzida a partir do bagaço das uvas das quais se fez o vinho) é capaz de aquecer convenientemente uma pessoa, evitando que ela sofra hipotermia.

Portanto, errar ou acertar no uso de bebidas, depende estritamente do grau de comunhão que tenhamos com Deus, segundo a porção individual que Ele determinou para cada um de nós.

Não seria certo medirmos outras pessoas pela nossa medida individual, ou jogarmos sobre elas doutrinas destinadas especificamente para nós.

Caro irmão,

Mais uma vez o irmão uso argumentos extremamente convincentes. Deus lhe abençoe!!!

THEODORO

Mensagens : 64
Data de inscrição : 23/06/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ir a um casamento católico

Mensagem  Jovem Musico em Qui Nov 03, 2011 3:41 pm

Sergio Teixeira escreveu: ... Não seria certo medirmos outras pessoas pela nossa medida individual ...

Achei fantástico o trecho acima pois para cada pessoa ha uma medida diferente e sabemos que alguns são "fracos" para até pequenas doses de alcool.
Não sou contra por exemplo a :
- bebida alcoólica.
- cortes de cabelos para as irmãs.
- Amigas no trabalho.
- Assistir TV.
- Praticar esportes.

Porém sempre procuro advertir que cada irmão saiba a doze certa destas coisas. Pois a doze errada pode levarmos ao pecado exemplo:
- bebida alcoólica: Pode levar a embriagues, então se puder evitar é melhor. Porém não considero já um pecado se experimentar por educação um gole, ou aqueles que tomam socialmente(mesmo que eu não faça assim).
- cortes de cabelos para as irmãs: Já expliquei em outros post que a bíblia apenas adverte em que as irmãs tenham cabelo longo (conforme sua interpretação), mas se puder evitar cortes ousados é melhor.
- Amigas no trabalho: Não existe nada de mal ter amigos ou amigas no trabalho, porém alimentar ou permitir "conversinhas" no msn pode levar ao adultério. Cada um deve saber o limite "respeitoso" e "profissional" da conversa.
- Assistir TV: Mesmo eu não tendo antena em casa (tenho uma TV LCD como monitor do PC), não acho errado este veículo de comunicação. Aliás trabalho com o computador e sei que este pode ser até mais perigoso que a TV. Mas acho errado, as pessoas deixarem de ir a igreja ou adotarem costumes mundanos devido este aparelho. Tudo tem o seu limite.
- Praticar esportes: Não torço para time nenhum, mas sou completamente a favor a prática de esportes e gosto também. Claro, desde que não abandone sua casa, compromissos e igrejas por causa de um jogo com os amigos. Sou a favor da prática de esportes, e exercícios físicos, mas contra a idolatria a times ou jogadores. Aliás minha esposa gosta de praticar comigo exercícios, natação e voley.

Complementando o que o Irm. Teixeira disse: Cada um deve saber qual é sua medida e o seu limite.

Jovem Musico

Mensagens : 90
Data de inscrição : 26/07/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ir a um casamento católico

Mensagem  Neófito em Qui Nov 03, 2011 3:47 pm

Jovem Musico escreveu:

Segundo sua resposta então não pode porque houve uma contaminação!
Sendo assim, não poderíamos ir a qualquer festa de católicos mesmo que fosse um aniversário. E se um parente seu fosse católico devoto que te presenteasse no seu aniversário com um bolo e como ele é devoto que quer que a festa fosse bem ele em sua fé apresentaria aquela festa surpresa e o bolo para seus santos. Isto também estaria contaminado?


Meu caro irmão, eu realmente não te entendo...
Você abriu este tópico para pedir opinião... alguns escreveram o que você queria ler, e eu escrevi o que você não gostaria de ler... mas são opiniões.
Por aqui, tudo sempre girará em torno de opiniões (por mais que possam haver disputas acaloradas - como esta- não passa de opiniões particulares, e não devemos calar ninguém)... até pedi para que você consultasse a opinião do seu ancião, mas você rejeita fazê-lo porque sabe a resposta... aparentemente você quer incentivo para o seu modo de pensar.

Mas vamos discorrer um pouco mais sobre o tema:

Pergunta1: Em uma festa de aniversário de um católico comemora-se o quê?
Resposta1: Comemora-se o natalício daquele indivíduo.
Nascer, não envolve a Igreja Católica em nada.

Pergunta2: Na festa do casamento católico de alguém, comemora-se o que ?
Resposta2: Comemora-se o casamento católico deste alguém.
Ou seja, é algo que envolve a Igreja Católica já na sua concepção.

Simples assim!
Só existe a festa, porque houve a cerimônia religiosa.
O matrimônio civil (o único que a Congregação Cristã reconhece) ainda NÃO ocorreu, pois os noivos precisarão levar os papéis da igreja ao cartório.

Tendo em vista que os casamentos comumente são à noite, e em finais de semana, tornando praticamente impossível de alguém registrar seu casamento religioso, pela lei as pessoas ainda não são civilmente casadas quando se faz a comemoração.

Podemos dizer, portanto, que efetivamente comemora-se a cerimônia religiosa.
E é a coisa mais óbvia do mundo... responda para si mesmo:
Por que a festa não pode ocorrer antes da cerimônia religiosa?

Se você não aceita esse ponto da nossa doutrina, fica sob sua consciência... quem sou eu para acusá-lo, se nem a tua consciência o faz?

Irmão Gurgel:
Estamos discutindo sobre casamentos na idolatria, se você quiser discutir sobre cabelo crescido, abra um outro tópico, e com o maior prazer darei a minha particular opinião sobre o tema.

Neófito

Mensagens : 43
Data de inscrição : 12/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ir a um casamento católico

Mensagem  Sergio Teixeira em Qui Nov 03, 2011 5:37 pm

A melhor maneira dos servos de Deus contrairem matrimônio será comparecer normalmente ao Cartório e ali obterem ao final da cerimônia a sua Certidão de Casamento. Aí sim estarão casados perante a lei.
No tal "casamento religioso com validade civil" a documentação deverá ser retornada ao Cartório para o competente lançamento no livro próprio e emissão da Certidão.
Como o irmão afirmou, antes disso o casal ainda não estará legalmente casado.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ir a um casamento católico

Mensagem  Neófito em Qui Nov 03, 2011 6:49 pm

Sergio Teixeira escreveu:A melhor maneira dos servos de Deus contrairem matrimônio será comparecer normalmente ao Cartório e ali obterem ao final da cerimônia a sua Certidão de Casamento. Aí sim estarão casados perante a lei.
No tal "casamento religioso com validade civil" a documentação deverá ser retornada ao Cartório para o competente lançamento no livro próprio e emissão da Certidão.
Como o irmão afirmou, antes disso o casal ainda não estará legalmente casado.

Pois então, caro irmão Sérgio...

Qual o objetivo da festa senão comemorar a cerimônia religiosa?
Não há sequer um fato civil a ser comemorado...

Se os noivos pegarem o papel da igreja e jogarem no lixo, permanecerão solteiros, e livres para contraírem matrimônio com outras pessoas.

Neófito

Mensagens : 43
Data de inscrição : 12/05/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ir a um casamento católico

Mensagem  Jovem Musico em Qui Nov 03, 2011 7:56 pm

Neófito escreveu:
Meu caro irmão, eu realmente não te entendo...
Você abriu este tópico para pedir opinião... alguns escreveram o que você queria ler, e eu escrevi o que você não gostaria de ler... mas são opiniões.
Por aqui, tudo sempre girará em torno de opiniões (por mais que possam haver disputas acaloradas - como esta- não passa de opiniões particulares, e não devemos calar ninguém)... até pedi para que você consultasse a opinião do seu ancião, mas você rejeita fazê-lo porque sabe a resposta... aparentemente você quer incentivo para o seu modo de pensar.

Me perdoe irmão Neófito, mas a forma que me expressei pareceu que eu estava rejeitando sua opinião. Mas sua opinião é muito válida para mim. Não vou dizer que concordo, mas já posso dizer que entendi e que faz sentido. Mudar de opinião não é um processo rápido, mas que posso dizer é que um fórum como este é extremamente rico de informações pois as opiniões não são unilaterais.

Gostei muito de suas explicações e são muito válidas. Independente do que concordo ou discordo, eu sei que "procurar evitar" algumas ocasiões já farão grande resultado.

Evitar é diferente de negar tudo, mas também é diferente de apoiar tudo. Então o que nos resta é deixar nas mão de Deus para que nos guie da melhor forma.

Jovem Musico

Mensagens : 90
Data de inscrição : 26/07/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ir a um casamento católico

Mensagem  Gurgel em Sex Nov 04, 2011 7:44 am

Ir Neófito

O próprio nome diz que é casamento religioso com efeito cívil e está previsto nas leis de nosso país a sua validade. Basta apenas levar os documentos ao cartório.

Eu particularmente acho que o mais correto é ir direto ao cartório ou contratar o juiz de paz.

É a mesma coisa quando comemoramos um aniversário alguns dias antes porque é final de semana, e seria impraticável fazer uma festa nos dias úteis da semana. O aniversário ainda não ocorreu, mas estamos comemorando o aniversário.

Porém, tenho plena certeza que os noivos no casamento católico, estão comemorando seu casamento (mesmo que tenha validade perante a lei apenas após alguns dias) e não algum "santo" católico e /ou a ICAR.

Aliás, isso é uma discussão sem fim, pois minha interpretação será sempre uma e a sua será sempre outra.Você vai achar que os noivos estarão comemorando a religião católica e eu acharei que eles estarão comemorando seu casamento.

Outra coisa, não acho que alguém que pede uma opinião é obrigado a aceitar as que recebe e nem ao menos questionar. O irmão requisitou a opinião e não concordou. Esse é um direito dele.

Aliás, tenho apenas algumas décadas a mais de membro da igreja que você (não que isso me faça melhor como cristão) e nunca vi o ministério dar explicações como a sua. É sempre a mesma coisa, falam que não pode porque é idolatria e não dão explicações e ainda contam tristemunhos que dão a impressão que algumas sombras irão te buscar e levar ao inferno.

Me perdoe, mas percebo que o que está em jogo aqui é a defesa de denominação evangélica, tanto que você aparentemente ficou contrariado quando o irmão Jovem não concordou com as opiniões iguais a sua. Ou seja, se eu questiono alguma doutrina (incluo aqui costumes e tradições), sou rebelde e estou a revelia de nossas doutrinas, sou um espertão. Por isso usei o exemplo de uma comum que você disse que foi ao culto e que está em muitos aspectos a revelia de nossas doutrinas. Mas vou criar um tópico para discutir esse assunto.

Para provar isso tem o fato que mencionei de almoçar na casa de um católico que tem estátuas na casa e agradece o alimento para um "santo católico". Se isso não for contaminado é uma HIPOCRISIA enorme dizer que os alimentos servidos no casamento de católicos é contaminado. Nossa denominação não passa nenhuma instrução a respeito disso e por isso você foge do assunto. O mesmo ocorre por serviços de buffet de irmãos que fornecem alimentos contaminados para idolatria e não há proibição alguma. Enquanto os anciães não falarem não tem problema.

É assim que penso e minha participação nesse tópico está encerrada.

Irmão Jovem Músico,

Você já teve várias opiniões diferentes postadas. Siga sua consciência e tome sua decisão sem se sentir pressionado. Vivemos em uma democracia. Se você não se sentir confortável em ir, fique tranquilo e não vá. Se se sentir livre para ir, vá. Você não será o primeiro e nem o único a "desobedecer" uma doutrina de sua denominação. E essa doutrina muda com o tempo. Lembro que há algum tempo, se uma irmã organista cortasse as pontas do cabelo, perdia a liberdade de tocar. Hoje usam brincos, maquiagem e cortam não só as pontas como uma boa parte do cabelo. Não acho isso errado, mas é um exemplo de como essa doutrina muda com o tempo. Antigamente proibiam até de comer carne de jacaré...

Gurgel

Mensagens : 59
Data de inscrição : 26/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ir a um casamento católico

Mensagem  Jovem Musico em Sex Nov 04, 2011 8:09 am

Gurgel escreveu: ...

"tristemunhos": infelizmente isto existe e não edificam nada. Não acredito em tristemunhos e quem conta não está contando algo para glorificar a Deus.
Aliás casamentos para mim, só existe se for civil, se alguém também o considera como religioso, para mim tanto faz, o que importa é como eu o considero.
Obs:
- Ficar fugindo de superstições é o mesmo que acreditar em superstições
- Ter medo de água benta é o mesmo que acreditar no poder dela. Para mim não passa de simplesmente água.
- Ter medo de praga é o mesmo que acreditar nelas.
- Ter medo de trabalhar ou ficar em um lugar que tenham estátuas é o mesmo que acreditar que elas podem fazer alguma coisa. Para mim estátuas são simplesmente estátuas, aliás se me perguntarem a minha opinião sobre elas falarei sobre se aprecio ou não o trabalho artístico. Existem algumas que até vale apenas elogiar pois dá para perceber que deu bastante trabalho sua confecção, mas digo apenas em observação ao trabalho "artístico".
- Ficar selecionando uma festa de casamento por ser religioso ou não, já é sinal que você acredita que "existem" casamentos religiosos. Para mim só existem casamentos civis e uma festa de casamento "não civil" não é uma festa de casamento pois para mim o casamento "não houve" ou "não haverá".

O trecho: "já é sinal que você acredita que 'existem' casamentos religiosos" , a palavra "você" não estou me referindo ao irmão Gurgel mas qualquer um que leia este post.

Contar tristemunhos é um perigo pois a pessoa que conta pode estar passando um parecer de que acredita no poder de coisas mortas ou inanimadas, e isto também é uma forma de idolatria. Devemos saber apenas que acontecimentos são da parte de Deus ou não são da parte de Deus. E se não forem já sabemos da onde vem, mas cosias inanimadas não tem qualquer poder.

Jovem Musico

Mensagens : 90
Data de inscrição : 26/07/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ir a um casamento católico

Mensagem  Sergio Teixeira em Sex Nov 04, 2011 9:37 am

Se eu hipoteticamente fundasse uma denominação religiosa a qualquer título, uma das coisas que eu recomendaria seria exatamente o casamento em cartório antes da união de corpos.
Mas isso a CCB já faz, ao reconhecer somente o casamento civil.

Mas - apenas para ilustração - existem casos em que a cerimônia católica é feita somente após o casamento em cartório ter sido concretizado (existem muitos padres exigentes quanto a isso).
Não são todos os noivos que preferem aquela outra modalidade, mesmo porque dá mais trabalho e maior número de deslocamentos por parte dos interessados.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ir a um casamento católico

Mensagem  Sergio Teixeira em Ter Nov 29, 2011 1:48 pm

No tocante à idolatria, em "algum lugar por aí" se faz um teste (eu acho que é mais uma "pegadinha" do que um "teste") onde uma pessoa que se diga "atéia" é colocada sozinha em uma sala de espera onde há duas enormes esculturas antepostas, sendo uma delas representativa de "Maria" e outra representativa daquele que supostamente tem "pele vermelha, chifre, rabo e tridente".
Nessa sala está estratégicamente instalada uma câmera de video.
Pois a grande maioria das pessoas "fica religiosa" de repente e vai para o lado da estátua feminina...

Considero para mim que isso é manifestação de "idolatria induzida" (embora não se acredite em Deus, se acredita em alguma "influência" de tais estátuas)...
E considero também que se tal idolatria é pecado, o fato de alguém elaborar uma situação em que outrem seja induzido ao erro é também pecado, talvez mais grave ainda.
avatar
Sergio Teixeira

Mensagens : 1144
Data de inscrição : 12/05/2011
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ir a um casamento católico

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum